Águia de Ouro arrow-options
Agência O Globo
É o primeiro título da Águia de Ouro no Grupo Especial do Carnaval de São Paulo; veja os detalhes

A escola de samba Águia de Ouro é eleita a campeã do Carnaval 2020 em São Paulo após uma votação acirrada. O enredo foi "O Poder do Saber – Se saber é poder… Quem sabe faz a hora, não espera acontecer". Confira os melhores momentos do desfile, que mostra a evolução do conhecimento humano no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo.

Na sede da agremiação, na Pompeia, o mestre Juca, líder da bateria, ficou bastante emocionado com a vitória inédita desta terça-feira (25). "Eu não sei o que to sentindo, cara, tô muito feliz, aguardo há 44 anos esse titulo", disse em entrevista à TV Globo. Vale lembrar que a escola da Zona Oeste foi fundada em 1976 e, desde então, nunca havia sido campeã. A alegria é enorme!

Juca revelou que o presidente da Águia, Sidnei Carrioullo Antônio, não esteve presente na apuração, pois passa mal com toda a agitação e nervosismo. Há dois dias do Carnaval , a bateria da escola não tinha fantasia, mas um verdadeiro trabalho em equipe resolveu o problema.

Na quadra da escola, no bairro da Pompeia, os integrantes faziam uma grande festa e gritavam "é campeão". Juca ainda prometeu que daria "um beijo na boca de cada um dos ritmistas" para comemorar, aos risos.




O desfile

Na avenida, a Águia de Ouro fez o desfile mais profissional de sua história, perdendo apenas 0,1 ponto nas dez categorias avaliadas, totalizando 269,9 pontos. O enredo foi trabalhado tanto com o lado bom quanto o lado danoso do saber, remontando desde a criação da roda - evocando o homem pré-histórico, até à modernidade, destacando a importância da leitura e os riscos de inovações, como a bomba atômica. Os carros seguiram uma cronologia imaginada, saindo da Idade da Pedra até um futuro, ainda utópico, com uma série de robôs ao serviço da humanidade.

Entre os momentos marcantes do desfile, está o episódio da bomba de Hiroshima, interpretada por integrantes da comunidade nipônica de São Paulo, com 120 figurantes. Eles interpretaram a devastação ocorrida no Japão na Segunda Guerra e emocionou os presentes.

A disputa

Durante boa parte da votação, a agremiação Acadêmicos do Tatuapé liderou o ranking da Liga das Escolas de Samba. A Águia de Ouro se manteve colada, compartilhando a segunda colocação com a Mocidade Alegre. Foi durante o critério "alegoria" que a escola de samba virou o placar em cima da representante do Tatuapé, assumindo a ponta da tabela.

Confira os resultados da apuração  clicando aqui.


    Veja Também

      Mostrar mais