Humorista fala sobre o fato de a justiça proibir a venda de seu DVD “A Arte do Insulto”. Comente!

Cena de Rafinha Bastos no DVD
Reprodução
Cena de Rafinha Bastos no DVD "A Arte do Insulto"

Rafinha Bastos está envolvido em mais uma polêmica. Após o processo movido por Wanessa e Marcus Buaiz contra o humorista, a justiça proibiu a venda de seu DVD “A Arte do Insulto”, lançado em dezembro de 2010 .

Leia também: Rafinha Bastos é condenado a pagar cerca de R$ 22 mil no caso Wanessa

Leia mais: Justiça proíbe a venda de DVD de Rafinha Bastos

Capa do DVD proibido de Rafinha Bastos
Reprodução
Capa do DVD proibido de Rafinha Bastos
A alegação para o veto seriam as piadas ofensivas em relação aos deficientes físicos e mentais. No trecho, que envolve o nome da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), o humorista diz que internou seu pênis na entidade após usar um preservativo com efeito retardante.

Veja trecho da decisão judicicial:

"Por todo o exposto, DEFIRO a liminar, com fundamento no art. 12 da Lei da Ação Civil Pública, para o fim de: DETERMINAR que o réu RAFAEL BASTOS HOCSMAN seja proibido de vender, dispor à venda ou fazer circular, por qualquer meio ou forma, por si ou por terceiras pessoas que com ele mantenham relação jurídica de qualquer natureza, o DVD intitulado “A ARTE DO INSULTO”, seja a título gratuito ou oneroso, até que dele retire a menção à APAE e toda e qualquer referência degradante às pessoas portadoras de deficiência ou portadoras de necessidades especiais; DETERMINAR que o réu RAFAEL BASTOS HOCSMAN seja proibido de fazer em seus shows ou apresentações, seja por qual veículo de comunicação for, menção direta ou indireta, ainda que velada, à APAE ou às pessoas portadoras de deficiência ou portadoras de necessidades especiais, de maneira degradante, por palavras, escritos, objetos, gestos ou expressões corporais."

RELEMBRE AS POLÊMICAS DE RAFINHA BASTOS

Na tarde desta quinta-feira (02), já não era mais possível fazer a compra do produto. Rafinha tem 20 dias para tirar o DVD de circulação, caso contrário, terá que pagar uma multa diária de R$ 20 mil.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Também nesta quinta-feira (02), Rafinha se pronunciou sobre o assunto. “O meu DVD é feito para todo tipo de público. Sem nenhum preconceito. Admiro o trabalho da APAE e estou muito orgulhoso dela ter assistido o meu material”, declarou ele, que traz em seu DVD outros temas polêmicos.

Confira alguns:

Religião : “Só cristão reclama que tá com diabo no corpo. Sou judeu por exemplo. Nunca ouvi falar de um caso de exorcismo com judeu. Vai ver que a via de acesso do diabo é pela ponta do pinto, por isso que a gente corta”.

Pessoas bonitas : “Acho todo mundo bonito. Isso é efeito colateral de uma temporada de shows que fiz em Rondônia. Vocês não fazem ideia do que estou falando. Se Deus é brasileiro, saibam que ele sacaneou Rondônia. Os caras tinham que ganhar dinheiro turismo em Rondônia. Propaganda na televisão: tá se achando feio, auto estima lá embaixo, ahh, vem pra Rondônia”.

Pena de morte : “Sou a favor, sempre fui. Para apenas dois grupos de criminosos: estupradores e vendedores de telemarketing. Aliás, acho que são atividades profissionais um pouco parecidas. Porque para ambos não adianta você repetir 30 vezes a frase “eu não quero”. Os dois vão continuar te enfiando coisa que você não pediu”; entre outros temas.

Deixe seu comentário abaixo!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.