Banda de Thom Yorke toca em Tel-Aviv nesta quarta-feira (19); apresentação foi criticada por Roger Waters, mas apoiada por Michael Stipe

O Radiohead faz nesta quarta-feira (19) um dos shows mais polêmicos de sua história. A banda britânica tem uma apresentação marcada em Tel-Aviv , uma das cidades mais populosas de Israel, e tem enfrentado muitas críticas por isso.

Leia também: Produtor do Radiohead tentou emprego em Abbey Road e foi rejeitado

O Radiohead faz um show em Tel-Aviv, em Israel, nesta quarta-feira (19)
Divulgação
O Radiohead faz um show em Tel-Aviv, em Israel, nesta quarta-feira (19)

A decisão da banda de Thom Yorke de tocar em Israel causou muita polêmcia entre os artistas. O principal crítico é Roger Waters , que é abertamente contra o país e já tentou convencer várias vezes o Radiohead a cancelar o show.

Em abril, Roger Water, Thurston Moore e outros artistas assinaram uma carta aberta pedindo para que a banda britânica não tocasse em Israel. O pedido não foi atendido, e Thom Yorke chegou a falar que a cobrança era ofensiva, uma vez que o guitarrista Jonny Greenwood é casado com uma mulher de origem judaica. Na semana passada, o cantor usou o Twitter para falar sobre o show em Israel. "Tocar em um país não significa aprovar o seu governo", escreveu, esclarecendo que ainda toca nos Estados Unidos mesmo sem apoiar o presidente Donald Trump.

Nesse domingo (16), Waters voltou a reviver a polêmica ao responder aos comentários de Thom Yorke durante uma live no Facebook. "Eu sei que o Thom está choramingando por ter sido insultado, mas as pessoas acham que ele não sabe o que acontece lá [em Israel]. Bom, Thom, você não deveria se sentir insultado porque se soubesse o que está acontecendo lá, teria conversado comigo. Eu te implorei, Thom, mandei vários e-mails implorando para que a gente conversasse. Como fez o Brian Eno. Você nos ignorou, não fala com ninguém sobre nada. Esse isolamento não ajuda ninguém", disse o músico.

Leia também: Roger Waters critica Temer: "Brasil, é essa vida que vocês realmente querem?"

Essa não é a primeira vez que Roger Waters pede para que artistas não toquem em Israel. Em 2015, o músico também pediu para Caetano Veloso e Gilberto Gil não fizessem shows no país, mas o pedido do ex-vocalista do Pink Floyd foi ignorado pelos brasileiros.

Apoio

Depois das críticas, foi a vez de Michael Stipe sair em defesa da banda. O ex-vocalista do R.E.M. defendeu o show dos britânicos em Israel. "Vamos esperar que o diálogo continue, ajudando a fazer com que a ocupação acabe de uma maneira pacífica", escreveu o cantor em um post no Instagram nesse domingo (16).

Leia também: Radiohead consegue a proeza de se repetir e surpreender em "A Moon Shaped Pool"

Mesmo em meio a toda essa polêmica, o show do Radiohead em Tel-Aviv segue confirmado. A banda se apresenta no Yarkon Park nesta quarta (19). Ainda neste ano, a cidade vai receber shows de Nick Cave and the Bad Seeds e Bryan Adams.

    Leia tudo sobre: músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.