Patrick Dempsey e Ellen Pompeo ganham 350 mil dólares por cada episódio de 'Grey's Anatomy'
Divulgação
Patrick Dempsey e Ellen Pompeo ganham 350 mil dólares por cada episódio de 'Grey's Anatomy'

Mais um momento difícil na pandemia. Desta vez, as gravações de algumas séries tiveram que ser paralisadas por conta do surto de novos casos de covid-19 da variante ômicron. Grey's Anatomy, NCIS e Chicago Fire foram algumas das séries afetadas.

Segundo o site americano Deadline, os produtores de NCIS e Chicago Fire tomaram a decisão de paralisar após alguns membros da 'Zona A' testarem positivo para o vírus. Nesse recorte estão incluídos integrantes do elenco e funcionários diretamente ligados.

De acordo com fontes da publicação, a intenção dos produtores de NCIS é de finalizar as gravações até semana que vem, entretanto, a nova situação da pandemia pode alterar o planejamento.

No caso de Grey's Anatomy, o retorno ao trabalho após as festas de fim de ano foi adiado. O ABC Signature, estúdio responsável, optou por adiar o retorno para 12 de janeiro.

"Está uma bagunça, as pessoas não param de pegar a covid-19", revelou uma fonte ligada à produção da série NCIS.

A Disney e a Amazon Studios optaram por retomar as atividades das principais séries em 17 de janeiro. Entretanto, a Warner Bros, Netflix e CBS Studios mantiveram o planejamento inicial e só irão parar por alguns dias caso algum teste dê positivo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários