Selto Mello interpreta Dom Pedro II em
Reprodução/TV Globo
Selto Mello interpreta Dom Pedro II em "Nos Tempos do Imperador"

Os herdeiros da família imperial brasileira assinaram uma nota de repúdio contra a novela "Nos Tempos do Imperador". Por meio do perfil no Instagram Pró Monarquia, que os representa, os descendentes dos antigos monarcas divulgaram um comunicado criticando o folhetim de Thereza Falcão e Alessandro Marson, dizendo que a obra é "contra a honra de Dom Pedro II".

"Atendendo ao apelo de pessoas amigas e daqueles que hoje constituem uma forte corrente monárquica, manifestamos, com justa indignação, não apenas como seus descendentes e herdeiros dinásticos, mas também como brasileiros que verdadeiramente amam sua Pátria e valorizam sua História, nosso repúdio aos ataques da TV Globo, através de sua novela “Nos tempos do Imperador”, contra a honra do Imperador Dom Pedro II", diz a nota de repúdio.

Os monarquistas também defendem que o antigo imperador do Brasil foi "um pai de família modelar, coluna do lar, protetor suave e varonil dos seus". Porém, parecem não levar em conta que "Nos Tempos do Imperador" é uma obra de ficção e que o Dom Pedro de Selton Mello é apenas um personagem.

A nota de repúdio também critica a Globo e diz que a emissora de televisão está desconstruindo valores tradicionais. "A Globo vem promovendo sistematicamente, nas últimas décadas, uma verdadeira revolução cultural, caracterizada pela desconstrução dos padrões tradicionais, a promoção da extravagância, da amoralidade e da cultura do caos, e denegrindo sistematicamente a nossa Nação", diz o comunicado.

É importante ressaltar que não existe mais monarquia no Brasil e por consequência não há mais uma família imperial brasileira. Além disso, novelas, séries e filmes com personagens históricos são produzidos em todo o planeta, como, por exemplo, acontece com "The Crown", série de ficção sobre a família real britânica.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários