Análise compara campanha de Juliette no 'BBB' à de Bolsonaro em 2018 e viraliza

Um perfil no Twitter fez uma thread para provar que o favoritismo da Juliette é muito similar à popularidade que deu a Jair Bolsonaro a presidência do país

Internauta aponta semelhanças nas campanhas de Juliette no 'BBB 21' e Bolsonaro à presidência
Foto: Reprodução
Internauta aponta semelhanças nas campanhas de Juliette no 'BBB 21' e Bolsonaro à presidência


Não tem como negar que a equipe de Juliette Freire está brilhando na campanha da sister nas redes sociais. Tanto que a participante do 'BBB 21', que é hoje a grande favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão, já chegou à marca de 16 milhões de seguidores. Um perfil no Twitter comparou o favoritismo da sister à popularidade que levou Jair Bolsonaro à presidência. 

O perfil, identificado como "Lula Emo" deixa claro, logo de cara, que não está comparando Juliette a Bolsonaro, já que "ela é muito mais sensata que ele. É uma thread sobre comunicação e marketing, sobre fenômenos comunicacionais, minha formação e especialidade".

Popularidade nas redes sociais e apoios importantes

"Segundo analistas, o que levou Bolsonaro a uma vitória estarrecedora foi o uso genial das mídias sociais. Juliette tem a maior equipe jamais vista na história dos BBB e o conteúdo sobre ela gera engajamentos monstros, assim como Bolsonaro conseguia", explicou o perfil. 

"Em 2018, a internet era dominada por Bolsonaro. O Instagram e Facebook foram espaços dominados por ele. Quase todos os grandes perfis o apoiaram, em especial as blogueiras de moda e maquiagem", lembrou.

"Juliette também domina o Instagram a ponto de ser difícil encontrar conteúdo sobre outros participantes. É a participante mais seguida desse BBB, quase todas as páginas de fofoca a apoiam descaradamente, de forma até injusta com os outros", comparou.


Fake news 

Para além da popularidade e apoio de figuras importantes das redes sociais, Bolsonaro usava esquemas para gerar engajamento na internet. "Compra de seguidores, caixa dois para pagar posts, uso do método cambridge analytica para gerar fake news e desinformação em massa", afirma o perfil.

Vale ressaltar que este 'BBB' está sendo marcado por muitas fake news --curiosamente, a maioria a favor da Juliette, segundo o internauta, que ainda citou uma apuração feita pelo jornalista Erlan Bastos. "[Ele] descobriu que a equipe de uma participante (ele não diz quem) paga Instagram de fofoca para gerar engajamento. Esse dinheiro viria de grandes empresas que esperam o retorno no futuro", explica.


Construção do personagem humilde e "criação do mito"

"A construção do personagem humilde e popular. Assim como Bolsonaro, Juliette é vista como uma pessoa pobre e que é “gente como a gente”. Isso é importantíssimo para o processo psicólogo de identificação. Mas a história não é bem essa", lembra o perfil. "Essa narrativa serve à criação do “mito”. O herói que virá salvar, que irá derrotar tudo e todos. É um desejo inato de justiça, mas quase de vingança", explica o internauta.

Você viu?

A thread completa, que você pode conferir abaixo, ainda cita a construção da narrativa de perseguição a Juliette e a blindagem contra as críticas. "Bolsonaro tinha falas e comportamentos muito problemáticos, assim como Juliette. Mas nada que fosse feito para mostrar isso tinha qualquer efeito, pois a blindagem era forte", diz.

Confira a thread: