A cobertura dos protestos antirracismo nos Estados Unidos, que estão no seu décimo dia após  morte de Geoge Floyd , seguem intensos e a repórter Carolina Cimenti, da GloboNews , acabou sendo empurrada ao vivo por um policial, em Nova York.

Carolina Cimenti sendo empurrada por policial
Reprodução/Globonews
A repórter Carolina Cimenti do empurrada por um policial em meio aos protestos nos EUA


A jornalista estava tentando chegar perto de um manifestante detido junto com o cinegrafista Alex Carvalho quando foi impedida por um policial americano. O oficial gritou com Carolina dizendo para ela ir para a calçada e, ao tentar abrir espaço com a mão, ele acabou acertando a repórter.

Leia também: Programa do filho de Datena é retirado do ar pela Band em Goiânia


Ela retrucou o policial dizendo “não me toque” e acrescentou ao público: “A polícia está agredindo a gente também, eu e o Alex Carvalho. Polícia extremamente truculenta aqui, eu e ele sendo empurrados com muita agressividade aqui”. Os telespectadores logo reagiram nas redes sociais, confira:




Esse não foi o primeiro sufoco que a repórter passa durante os protestos nos Estados Unidos. No início da semana, Carolina foi interrompida ao vivo por um manifestante, que estava sem máscara, e, incomodada, ela disse: “Deixa eu fazer a minha reportagem, cara”. Ele continuou provocando e ela acrescentou: “Cara, mantenha o distanciamento social, ok?”.


Leia também: Ariana Grande e mais famosos comparecem aos protestos por George Floyd

Em outro momento, a repórter se assustou com um manifestante que passou por ela batendo panelas. Carolina levou na brincadeira e, ofegante, acabou rindo do susto que levou.  


    Veja Também

      Mostrar mais