Tamanho do texto

Apresentadora não conteve a emoção ao abrir seu programa dando destaque a mais nova tragédia carioca e questionou política de segurança do Rio

A apresentadora Fátima Bernardes não conteve a emoção ao comentar na abertura do "Encontro" desta segunda-feira (23) sobre a morte da menina Ágatha , vítima de bala perdida durante uma ação policial no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, no último sábado (21). 

Fátima Bernardes arrow-options
Reprodução/Globo
Fátima Bernardes se emociona no "Encontro" ao comentar a morte da menina Ágatha

Fátima Bernardes exibiu o vídeo do avô fazendo um desabafo emocionado e não conseguiu conter a tristeza. "Esse tipo de imagem mexe com a gente", observou antes de questionar a efetividade da política de segurança pública do governo do Estado do Rio de Janeiro. "Para recuperar uma arma ou drogas, a gente vai ter que matar um inocente?” 

A jornalista recuperou as mortes de crianças neste ano no Rio de Janeiro vítimas de circuntâncias como as de Ágatha e lembrou que policiais também morreram durante ações de repressão ao crime neste final de semana na cidade.

Leia também: Fórmula exaurida e temas repetidos esgotam "Encontro com Fátima Bernardes"

Fátima Bernardes lamentou que na nova realidade da cidade, as crianças "não podem mais brincar nas ruas".