Episódio exibido em 2000 mostrou Trump como ex-presidente dos EUA e a sucessão de Lisa no cargo; veja outras previsões feitas em "Os Simpsons"

Parece que os criadores de "Os Simpsons" já sabiam que Donald Trump seria presidente dos Estados Unidos um dia. Isso porque, em março de 2000, o episódio "Bart to The Future" mostrou o magnata e empresário americano como ex-presidente do país, sendo então sucedido por Lisa Simpson. Na vida real, o candidato republicano superou a democrata Hillary Clinton e foi eleito após conseguir mais de 270 votos eleitorais nesta quarta-feira (9).

LEIA MAIS: 11 vezes que a ficção previu o futuro

Os Simpsons previu Donald Trump como presidente dos EUA há 16 anos
Reprodução
Os Simpsons previu Donald Trump como presidente dos EUA há 16 anos


Em "Bart to The Future",   Lisa Simpson é eleita presidente dos Estados Unidos e precisa enfrentar o desafio de governar o país após a turbulenta gestão de Donald Trump. Em os " Os Simpsons ", a filha de Homer Simpson afirma que "herdou uma grande dívida do ex-presidente" e que "o país estava quebrado". 

LEIA MAIS: 25 curiosidades sobre "Os Simpsons"

De acordo com o escritor da série, Dan Greaney, o episódio foi "um aviso para a América". Em entrevista ao site  The Hollywood Reporter , concedida em março de 2016, o criador falou sobre a "previsão". "Parecia lógico que essa seria a última parada antes de atingir o fundo do poço. Foi colocado no episódio porque combinava com a visão de que os EUA estavam ficando loucos", afirmou.


Não foi a primeira vez...

Em 2015, outro episódio da série brincou com a candidatura de Donald Trump durante a campanha do milionário. Em "Trumptastic Voyage", o personagem Homer Simpson é "agarrado" pelo cabelo do republicano ao descer junto com ele a escada rolante da Trump Tower e "vê" o que o empresário pensa. 

LEIA MAIS:  "Simpsons" é renovada por mais dois anos e quebra recorde na TV

Essa não foi a primeira vez que os roteiristas de "Os Simpsons" antecederam fatos do futuro. No 16º episódio da 25ª temporada, a série exibiu um jogo em que o principal atleta do Brasil se lesionava e provocava uma derrota devastadora. A história foi associada ao 7x1 levado pela Brasil durante a Copa do Mundo, quando Neymar precisou se afastar do time. Em 1995, a animação mostrava uma videoconferência entre duas personagens. Apenas anos depois a tecnologia possibilitou que as pessoas se comunicassem por meio de vídeo.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.