Tamanho do texto

Em entrevista a Geraldo Luis, no "Domingo Show", cantor lembrou da relação difícil com o pai: "Tinha raiva porque ele bebia e batia na minha mãe"

O cantor Beto Barbosa foi um dos convidados do programa "Domingo Show", da Record, neste domingo (6). Com Geraldo Luis, ele voltou a Belém, no Pará, e relembrou a infância pobre.

Leia mais: Músico do Raça Negra que foi parar nas ruas reencontra família

Geraldo Luis levou Beto Barbosa de volta a Belém, e o cantor relembrou as histórias da infância
Divulgação/Record
Geraldo Luis levou Beto Barbosa de volta a Belém, e o cantor relembrou as histórias da infância

Em um dos momentos da visita, Beto Barbosa foi à casa onde morava quando criança. Lá, ele lembrou do relacionamento ruim com o pai. "Eu tinha raiva porque ele bebia e batia na minha mãe", contou o artista. A situação chegou ao extremo quando ele e a família foram viajar para o interior do Pará. "Ele colocou fogo na minha casa", disse.

Leia mais: Filha de Bolinha gasta herança de R$ 20 milhões: "Vendi tudo para sobreviver"

Apesar dos problemas, o cantor de "Adocica" garantiu que queria ter tido uma relação melhor com o pai. "Eu queria que ele estivesse aqui comigo", disse. Já a sua relação com a mãe era muito melhor. "Ela era a paixão da minha vida", contou.

Emoção

Ainda na matéria, o músico reencontrou uma vizinha que o ajudou quando ele passou fome. Mas o encontro mais emocionante foi com a professora que o ensinou a ler.

"Era dura, era uma mãezonha. Marcou a minha vida", disse sobre a professora, que hoje tem 84 anos, e deu aulas para o cantor quando ele ainda era criança.

Nas redes sociais, muita gente se emocionou com as histórias de Beto Barbosa. "Que gracinha a professora dele, que fofa", comentou uma usuária do Twitter. "Beto Barbosa humildade em pessoa, estou emocionada com a história dele", disse outra.