Tamanho do texto

O compositor acabou se envolvendo no mundo das drogas após um derrame. Sempre debilitado, Edson Café foi parar nas ruas e teve a ajuda de uma fã

Sucesso na década de 90 com o grupo de pagode Raça Negra,  Edson Café chegou ao fim do poço depois de se envolver no mundo das drogas. O compositor chegou a morar na rua por conta do vício, mas ao pedir abrigo para um fã, ganhou uma grande amiga que o ajudou durante 6 anos.

Leia mais: Ex-integrante do Raça Negra vive há 10 anos nas ruas de SP: "Eu me abandonei"

Edson café, do grupo Raça Negra se envolveu no mundo das drogas e acabou indo morar na rua
Divulgação
Edson café, do grupo Raça Negra se envolveu no mundo das drogas e acabou indo morar na rua


O problema é que o músico do Raça Negra , sempre tinha recaídas e chegou a ser internado 10 vezes. A fã diz que tudo o que deu para fazer por ele, ela fez. "Ele é como um irmão para mim".

Sempre debilitado, Café diz sentir muita falta de compor e de gravar. Além disso, por conta de um derrame, ele acabou ficando de fora do grupo, o que também o fez se envolver no mundo das drogas.

Aos 39 anos e no auge de sua carreira, o músico sofreu um derrame que o deixou com algumas sequelas. Com problemas em alguns movimentos, ele foi obrigado a parar de tocar violão, o que ele mais gostava de fazer, e entrou em uma depressão.

Edson Café
Divulgação/Record
Edson Café



Leia mais:  Belo é expulso de projeto com Alexandre Pires e vocalista do Raça Negra

Reencontro

No programa " Domingo Show ", da Rede Record, deste domingo (30), Café vai reecontrar a família e os integrantes do grupo de pagode após quase 5 meses internado em uma clínica e mais de 10 anos de luta contra o vício.

Já reabilitado, Café encontrou seus filhos e os outros integrantes do grupo. No palco, ele revelou que faz mais de um ano que está limpo de drogas e bebidas.

No palco e completamente transformado, a emoção tomou conta. Ao reencontrar as mulheres que o tiraram da rua, Edson ficou bastante emocionado e demonstrou muito carinho pelas duas com abraços e beijos. "A gente sabe que quando Deus promete ele cumpre. Muito obrigado", agradeceu ele.

Leia mais: Atriz de "Game of Thrones" revela que foi prostituta, viciada e atriz pornô

Depois foi a vez do músico ver alguns dos integrantes do grupo Raça Negra. Surpreso, ele abraçou e não cansou de agradecer aos amigos. A emoção ficou maior quando a família toda de Café chegou ao palco do programa. Nesse momento ele conseguiu conter as lágrimas e abraçou filho por filho.

O integrante da banda Raça Negra, que compôs o sucesso " É Tarde Demais " agora está totalmente reabilitado e transformado tanto fisicamente, quanto emocionalmente.