Tamanho do texto

Alexandre Bandeira, amigo do ator, confirmou a morte de Carl Schumacher e afirmou que ele morreu enquanto dormia: "Vá brilhar ao lado de Deus"

O ator e diretor Carl Schumacher, de 53 anos,  foi encontrado morto em sua casa em Contagem, Minas Gerais, na noite de domingo (23). Alexandre Bandeira, amigo do ator, afirmou que ele morreu "enquanto dormia".

LEIA MAIS:  Morre Goulart de Andrade aos 83 anos

Morre Carl Schumacher, ex-
Reprodução/Twitter
Morre Carl Schumacher, ex-"Turma do Didi", morre aos 53 anos


"Não queria ser eu a pessoa a vir aqui e falar isso, mas infelizmente nosso amigo Carl Schumacher veio a falecer. Chegamos para o ensaio e ele já não estava mais entre nós. Vá, meu amigo. Vá brilhar ao lado de Deus. Tenho certeza que você agora está em um lugar bem melhor", escreveu Alexandre Bandeira no perfil oficial do amigo no Facebook.

A causa da morte não foi informada. "Morreu de morte natural, não sentiu nada, morreu dormindo a noite", relatou o amigo de Schumacher.

LEIA MAIS: Morre, em São Paulo, Orival Pessini, criador do personagem Fofão

Carreira

O último trabalho do ator na TV foi em 2011, na série "A Turma do Didi", da Rede Globo. Schumacher atuou no seriado durante quatro temporadas. Além do trabalho ao lado de Renato Aragão, o ator também atuou na série "A Cura", em 2010, e "A Grande Família, em 2007.

Schumacher também atuou em novelas como "A Favorita" (2008), "Eterna Magia" (2007), "Bang Bang" (2005) e "Esmeralda" (2004), no SBT. Atualmente, o ator estava trabalhando na direção da peça "Amor de Vampira".

LEIA MAIS: Morre o cantor Vander Lee, aos 50 anos


Em mais de 30 anos de carreira, Carl Schumacher participou de mais de 70 espetáculos de teatro, óperas, operetas e musicais, além de filmes, novelas, minisséries, programas humorísticos e infantis e escreveu 77 peças teatrais. Também foi professor de interpretação, improvisação, história do teatro e técnica vocal. Na Fundação Clóvis Salgado, em Belo Horizonte, foi cantor lírico e assinou figurinos e produções.