Tamanho do texto

O ator, que morreu quarta-feira (27) contou também que estava muito feliz em interpretar um padre em "Velho Chico"

Em sua última entrevista em vida, Umberto Magnani falou sobre sua alegria em estar no elenco de "Velho Chico". O ator, que morreu nesta quarta-feira (27) aos 75 anos após sofrer um derrame cerebral, se mostrou emocionado em interpretar o padre Romão. "Fui convidado para fazer 'Velho Chico' há seis anos e infelizmente não pude aceitar. A novela, não sei por que motivo não foi feita na época, e agora retornei a ser convidado para fazer", disse, em entrevista ao site oficial da trama.

Umberto Magnani será substituído por Carlos Vereza em "Velho Chico"

Ator faleceu aos 75 anos nesta quarta-feira (27)
Globo/Caiuá Franco
Ator faleceu aos 75 anos nesta quarta-feira (27)

O ator falou também sobre o prazer que sentia em exercer sua profissão: "É o que eu gosto de fazer: ser útil ao telespectador. Ao mesmo tempo em que leva lazer, leva reflexão, leva conhecimento e alguma discussão, que é um dos motivos, talvez o principal de eu escolher a carreira de ator".

Atriz diz ter perdido papel em "Velho Chico" por atraso de novela da Record

Ele também vibrou com seu personagem, afirmando que o levava de volta para suas origens: "Quando eu fiquei sabendo que ia fazer o padre fiquei mais feliz ainda. Me permite resgatar um pouco minha vida em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), uma família muito católica. Todo domingo eu ia com meu pai à missa das 8h30. De lá, a gente saía e ia para a cadeia, visitar preso. E de lá, a gente ia para o asilo São Vicente de Paula, distribuir mantimentos. Para mim é também é um reencontro com essas religiosidade, com Deus. Está fazendo muito bem para mim".

A morte de Umberto comoveu diversos artistas, que o homenagearam nas redes sociais .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.