Aos 62 anos, Fátima Boa Viagem vende coxinhas e lembra passado na TV no programa "Domingo Show"

O programa "Domingo Show" da semana mostrou a história de Fátima Boa Viagem , que fez sucesso na televisão como uma das dançarinas do Chacrinha . A ex-chacrete, hoje com 62 anos, é vendedora de coxinha no interior do Rio de Janeiro. 

Fátima Boa Viagem em reportagem do programa 'Domingo Show', da Record
Reprodução/Record
Fátima Boa Viagem em reportagem do programa 'Domingo Show', da Record


No programa, Fátima lembrou a saída da Globo e colocou a culpa em uma promessa não cumprida por Faustão. "Quando o Chacrinha morreu, o Faustão veio para a Globo. Ele falou que iria aproveitar as chacretes, mas como na época estavam entrando aquelas academias de aeróbica, ele dispensou a gente e ficou com as academias", afirmou Fátima. 

Ela trabalhou 10 anos com Chacrinha, que morreu em 1988, foi considerada símbolo sexual e posou para revista masculina. 

Fátima ainda é conhecida pelos tempos de televisão no bairro onde trabalha vendendo coxinhas. Ela ainda ganhou da produção ajuda para reformar o carro, um fusquinha.

"A fama é pura ilusão", disse Fátima, que ganha R$ 900 por mês e toma remédios para depressão. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.