Segunda temporada da competição teve jurados rigorosos, rivalidade entre competidores e participantes emblemáticos

Depois de 17 episódios, o “MasterChef Brasil” chega ao fim nesta terça-feira (15). Com recordes de audiência quebrados e um público cada vez mais fiel, a segunda temporada do reality culinário foi marcada por momentos engraçados, tensos e até comoventes.

Último episódio do reality
Reprodução
Último episódio do reality "MasterChef" vai ao ar nesta terça-feira (15) pela Band


Logo no início do programa o público já notou uma diferença: Henrique Fogaça , Paola Carosella e Erick Jacquin estavam muito mais afiados e rigorosos do que na primeira temporada. Sem dó nem piedade e com certa encenação, os jurados protagonizaram verdadeiras cenas de terror com os participantes.

Frases como “Você acha que foi uma ideia inteligente? Não, não foi. Não faz sentido” de Paola e “Tem macarrão instantâneo mais gostoso do que isso que você fez hoje” de Erick foram frequentes durante as provas e logo ganharam memes nas redes sociais.



A segunda temporada do “MasterChef” foi marcada também pela grande rivalidade e por desavenças entre os competidores. Como se esquecer da briga entre Cristiano e Iranete que acabou com uma das melhores cenas do programa? Além do “baiano arretado”, o competidor Fernando também esteve envolvido em quase todas as polêmicas do reality.

No episódio da “caixa misteriosa”, Iranete tinha o poder de determinar os ingredientes que cada participante deveria usar em seus pratos. Para Cristiano, ela “ofereceu” um polêmico tucupi e deu início a maior rivalidade dentro da competição.

O baiano, que nunca havia trabalhado com a especiaria amazônica, chamou a doméstica de “cobra falsa” e jurou vingança. Mas a desavença não durou muito: juntos no mesmo time, Iranete e Cristiano tiveram que trabalhar em equipe e superar a rivalidade de uma vez por todas para dançarem forró coladinhos. Inesquecível.

Após desavenças, Cristiano e Iranete dançam forró no
Reprodução/Band
Após desavenças, Cristiano e Iranete dançam forró no "MasterChef"



Outro participante que não dispensou uma briga na competição foi Fernando. Eleito por muitos o vilão do “MasterChef”, o publicitário paulista tinha um temperamento explosivo, não se saía bem nas provas em equipe e estava sempre trocando farpas com os competidores.Na prova da torta de maçã, Fernando desafiou até os jurados e ignorou as orientações dadas por eles. Ao longo da competição, Fogaça, Paola e Jacquin tiveram que aconselhar o publicitário a rever o seu comportamento para seguir na competição.

A revelação de Fogaça e as lágrimas de Izabel

Mas nem só de tretas foi feito o “MasterChef”. Fortes emoções e choro também estavam entre os ingredientes da segunda temporada. Um dos momentos mais comoventes foi protagonizado por Fogaça. Ao avaliar o prato de Aritana, o jurado emocionou os competidores revelando que sua filha Olívia, de oito anos, é portadora de uma deficiência e que sua maior frustração era não poder cozinhar para ela, que se alimenta por sondas.

Fogaça sensibilizou todo mundo depois de revelar que sua filha é portadora de deficiência e precisa se alimentar por sonda
Reprodução/Facebook
Fogaça sensibilizou todo mundo depois de revelar que sua filha é portadora de deficiência e precisa se alimentar por sonda


E se teve choro no “MasterChef”, muitas lágrimas caíram do rosto de Izabel. A carioca era uma das mais inseguras entre os competidores e chorou em quase todos os episódios. Ainda no primeiro programa, ela havia sido eliminada porque os jurados a consideraram “sem emocional” para ficar na competição. Mas depois de muito chororô, ela foi aceita na cozinha “MasterChef” e conseguiu chegar até a grande final.

Já Paola, uma das juradas mais duronas e irônicas do programa, mostrou que também tem um coração mole e caiu no choro quando Lucas foi eliminado. A dona do restaurante “Arturito” disse que se identificava muito com o eliminado e até o ofereceu um estágio.

Izabel não conteve o choro várias vezes durante a competição
Reprodução/Band
Izabel não conteve o choro várias vezes durante a competição


Ainda que mais dramática, a segunda temporada do “MasterChef” mostrou a que veio e garantiu o seu lugar na preferência do público. Líder na audiência por diversas semanas, a Band conseguiu consagrar a edição brasileira da competição. Resta agora aguardar pelo anúncio do grande vencedor da noite. Para quem vai sua torcida? Vote.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.