Tamanho do texto

Personagem "O Africano" interpretado por Eduardo Sterblitch se comporta como um selvagem e causa revolta

Um personagem do programa "Pânico na Band", exibido nas noites de domingo na TV aberta, está causando polêmica. "O Africano", interpretado por Eduardo Sterblitch , se comporta como um selvagem e acaba fazendo apologia ao racismo.

Personagem
Reprodução
Personagem "Africano" causa polêmica no programa "Pânico na Band"


Eduardo Sterblitch, que é branco, se pinta de preto e começa a representar um negro com falas, danças e gestos. O personagem ridiculariza os africanos e afrodecendentes em diversas atitudes preconceuosas. 

No facebook os internautas repudiam o quadro do programa. " Nós cidadãos que lutamos por uma sociedade justa e igualitária a todos e todas estamos juntos mostrando nossa indignação a mais um show de racismo em nome da "arte e entretenimento" da TV brasileira. Nós exigimos um BASTA nesse entre tantos os outro personagens, que põe o negro em posição de animal, e reforça o RACISMO que humilha preto, que nos coloca como ignorantes. REPUDIAMOS à maneira nojenta em que retratam os povos da Africa a fim de intensificar o mito de que tudo que vem da Africa e todo seu povo não tem educação e merece gargalhadas de escárnio. Nós exigimos o fim deste quadro que não tem outro objetivo a não ser humilhar um povo e raça.", diz a descrição doevento " Repúdio ao racismo do personagem Africano no Pânico na Band”.

Além de repudiado nas redes sociais, os jornais africanos se manifestaram sobre o "Africano". "“O Brasil é um país racista? Vejam como eles riem dos africanos!”, publicou o jornal " SeneWeb" seguido do vídeo do personagem.