Emissora irá promover 'garota do tempo' a âncora por conta da grande repercussão do caso na mídia e nas redes sociais

O Dia

Após a polêmica dos comentários racistas nas páginas do "Jornal Nacional" na Internet, a Globo deve promover Maria Júlia Coutinho , a Maju. De acordo com informações da coluna "Zapping", do jornal "Agora São Paulo", o plano, que já existia, foi acelerado após a imensa repercussão e carinho recebidos pela jornalista nos últimos dias.

Leia mais sobre famosos em  O Dia

A ideia, é que em breve Maju entre na escala de folgas e feriados dos apresentadores de telejornais como âncora. Inicialmente, a jornalista será testada no "SP TV" e depois em rede nacional. 



Na segunda-feira (6), um adolescente de 15 anos foi identificado pela Polícia Civil de São Paulo como suspeito dos comentários racistas sobre Maju na última quinta-feira. Ele é morador de Carapicuíba, na Grande São Paulo, e foi localizado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

O rapaz foi ouvido pela polícia e liberado em seguida. Todas as mensagens de conteúdo ofensivo foram rastreadas pelos policiais, que fizeram buscas nas redes sociais, segundo o Decradi. Para localizá-los, foram solicitados ao Facebook os dados cadastrais e números de IP dos suspeitos. A polícia ainda busca outros responsáveis pelo ataque à jornalista.

Vídeo

A equipe do "Jornal Nacional" fez um vídeo compartilhando a tag "somos todos Maju".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.