Tamanho do texto

Na novela "Sete Vidas", da Globo, a atriz será uma jornalista de economia

Mariana Lima com Débora Bloch na estreia da peça Nômades
Alex Palarea / AgNews
Mariana Lima com Débora Bloch na estreia da peça Nômades

Débora Bloch enfrentou um trânsito de três horas para chegar, na noite de sexta-feira (17), no Teatro Poeira, em Botafogo, no Rio, para a estreia de "Nômades", peça com suas amigas Andréa Beltrão, Mariana Lima e Malu Galli . A demora no carro valeu o esforço. "Eu acho essas três atrizes maravilhosas e deslumbrantes. Eu sempre saio diferente depois de ver Andreia, Mariana e Mallu", disse.

O trajeto começou no Projac, que fica em Jacarepaguá. Débora estava nos estúdio da Globo já se preparando para seu novo trabalho na TV, a novela "Sete Vidas", de Lícia Manzo . "Vou fazer uma jornalista de economia, estou empolgada. Meu papel é a heroína que sofre muito. Mocinha já não sou mais (risos). É a heroína", brincou.

Como laboratório, a atriz contou que marcou um encontro com a jornalista Miriam Leitão . "A gente conversou, eu fui conhecer a redação, a sala dela... Mas o foco da personagem não é o trabalho dela, é mais a vida pessoal. Mesmo assim, achei legal conhecer. E talvez eu vá gravar algumas cenas na própria redação do O Globo", revelou. "Sete Vidas" é a próxima novela das 18h, substituta de "Boogie Oogie".