Apresentadora relembra sua passagem pela emissora e dá sua opinião sobre a mudança que ela está passando

“Eu era feliz e sabia”. Com essa frase Didi Wagner resumiu sua passagem pela MTV, que durou cinco anos – de 2000 a 2005 – em entrevista ao iG . Apesar de que a apresentadora faz questão de deixar claro que hoje é muito feliz também no Multishow, onde está desde que saiu da primeira emissora, e apresenta o programa “Lugar (in) Comum”. “Eu não tenho um saudosismo exagerado, mas foi uma época muito legal. Tive o privilégio de trabalhar em uma emissora única, que a gente dificilmente vai ver igual por aí. Foi uma experiência muito rica”, declarou.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Didi lembra que a MTV não vai acabar, mas sim “continuar a existir de outra maneira” e fala da importância que a emissora teve na vida de milhares de jovens. “A MTV está acabando do jeito que ela existe nesse momento, o canal que eu conheci acabou. Dá um pouco de tristeza você constatar que uma emissora que teve tanta relevância com o público jovem está tendo que se reinventar radicalmente para poder sobreviver e isso em decorrência de diversos fatores, como o Youtube, a cabeça do jovem que mudou e por aí vai. Acho que a MTV vai encontrar o caminho”, opinou.

Didi Wagner
Caio Duran/Agnews
Didi Wagner

A apresentadora voltou recentemente à sua ‘antiga casa’ para gravar um programa especial, em que relembrou os momentos mais marcantes dos anos em que trabalhou lá. “Gravei com o Julio Picconi , que foi um diretor que convivi muitos anos na MTV, que acompanhou a minha carreira e que me ajudou a relembrar vários momentos. Mas legal do que gravar é ver no ar. Achei que ia passa por um momento vergonha alheia de mim mesma, mas foi ótimo, achei que eu tava bem, legal no ar”, comentou.

Didi ainda garante que continua amiga dos outros Vjs ‘de sua época’. “Encontrei eles recentemente no lançamento do documentário que a Sarah Oliveira fez para o GNT. Estava eu, a Marina Person , a Chris Nicklas . Somos todas muito amigas”, disse.

No ar com seu programa Multishow, em que viaja por diversos lugares do mundo, Didi é considerada uma das Vjs que conseguiu se dar bem depois que saiu da MTV. “Não posso reclamar porque, com certeza, o que eu faço é um pouco mais prazeroso do que sentar em um escritório, das 8h às 20h. Mas, não é para ficar valorizando meu passe, volto cansada para casa. É trabalho, não lazer. É que tento transformar cada momento gravando em uma coisa prazerosa, mas é trabalho”, finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.