iG - Internet Group

iBest

brTurbo

iG Gente


Pesquisar:

enhanced by Google


Home iGGenteNotícias

Notícias


30/07 - 10:12

A filhinha do papai: Chelsea pede para Bill Clinton emagrecer sete quilos e pagar as contas do casamento

 


“Vê-la se casando prova que eu fiz o que eu tinha que fazer. Vou me sentir orgulhoso e feliz. Mas isso não quer dizer que tudo fica mais fácil”. Foi assim que Bill Clinton se referiu ao casamento de sua filha, Chelsea, no programa de rádio do apresentador Ryan Seacrest. A cerimônia acontece neste sábado (31), em Rhineback, cidadezinha a duas horas de Nova York.

 

LEIA TAMBÉM: A história de amor de Chelsea e Marc Mezvinsky

 

Aos 30 anos, a filha única do ex-presidente americano e da Secretária de Estado dos EUA sobe ao altar com o banqueiro Marc Mezvinsky, a quem conhece desde 1996 e namora desde 2005.

 

Segundo reportagem do "New York Times", Chelsea e o pai são muito próximos e ele sempre participou ativamente de sua criação. Ela, por exemplo, tinha uma pequena mesa no gabinete de Clinton quando ele era governador do Arkansas e foi em Camp David, anos mais tarde, que o ex-presidente ensinou a filha a dirigir. Na Casa Branca, o pai também sempre esperou acordado quando Chelsea tinha encontros com amigos ou namoradinhos.

 

Brainpix/Getty Images
Chelsea com o pai, Bill Clinton, aos 6 anos e no ano passado, aos 29

 

CLINTON DE REGIME

 

“A única coisa que tenho que fazer é levá-la até o altar e espero não chorar. Ah, e pagar as contas, claro!”, disse ainda o ex-presidente norte-americano no bate-papo com Seacrest, em fevereiro de 2010. A parte que lhe cabe é considerável: os gastos com a festa, segundo reportagens publicadas na mídia ameicana, podem chegar a US$ 5 milhões.

 

 

E Clinton teve ainda que atender dois pedidos de Chelsea: perder peso para a cerimônia - ele se esforça desde abril para emagrecer sete quilos – e deixar de fora da lista de convidados muitos políticos e doadores de campanhas. Até o atual presidente norte-americano, Barack Obama, não teria sido convidado para não causar alvoroço.

 

 

LEIA MAIS: Obama diz que não foi convidado para casamento de Chelsea Clinton

 

Hillary apoiou a filha: “É um casamento para a família”, disse ao programa “Today”, da emissora americana NBC. “Ela vai comemorar o dia dela apenas com os amigos próximos”, completou.

 

 

LEIA TAMBÉM: Sem convite, políticos e doadores questionam se fazem parte do círculo da família Clinton

 

 

Getty Images
Bill Clinton em 1998 e dez anos depois, com a barriguinha mais saliente: Chelsea pediu e o pai prometeu perder sete quilos até o casamento

 

ESCÂNDALOS SEXUAIS

 

 

Durante sua vida política, Clinton sempre tentou ser discreto quando o assunto é Chelsea, que passou a adolescência na Casa Branca, durante o duplo mandato do pai - de 1993 a 2001. Ela, inclusive, acompanhou de perto o principal escândalo sexual envolvendo Clinton, em 1998. Mas Chelsea nunca deu declarações sobre o caso Mônica Lewinsky e continuou bastante próxima do pai.

 

 

Em março de 2008, durante uma visita à Universidade de Pennsylvania para falar sobre a campanha de sua mãe à presidência, foi irônica com uma estudante que a questionou sobre o escândalo com a ex-estagiária da Casa Branca: “Você é a primeira pessoa que me faz essa pergunta, e não acho que este seja um problema seu”, respondeu.

 

 

Mais uma prova da forte ligação entre pai e filha é a própria relação de Chelsea com Marc, mal vista durante muito tempo por Hillary. O pai do noivo, Ed Mezvinsky, também esteve envolvido em escândalos políticos e ficou preso entre 2003 e 2008 por fraude bancária - fato que sempre desagradou a mãe da noiva. Clinton, no entanto, apoiou o namoro desde o começo e demonstra carinho com o futuro genro nas ocasiões em que aparecem juntos.

 

VEJA AS FOTOS: O estilo de Chelsea Clinton - de adolescente nerd a noiva do ano

 

Reprodução
Hillary e Bill Clinton, em 1975, se casaram na sala de casa, no Arkansas. Em 1998 o então presidente americano se envolveu em um escândalo sexual com a estagiária Monica Lewinsky

 

UMA FAMÍLIA, DOIS CASAMENTOS

 

 

Ao contrário do luxuoso casamento de Chelsea, a cerimônia que uniu Bill e Hillary, em 1975, foi bastante discreta. Aconteceu na sala de estar da casa de tijolos recém-comprada, em Arkansas. Cerca de cem convidados, entre família e amigos íntimos, estavam presentes.

 

 

Hilary usava um vestido escolhido dias antes, em uma loja de departamentos. A união foi selada por um ministro metodista e sua mulher. A recepção aconteceu no quintal da própria residência, com direito a rosas amarelas enfeitando o bolo. O destino escolhido para a lua-de-mel do casal foi Acapulco, no México.

 

 




Compartilhe



Você tem mais informações? Envie para o Minha Notícia


IMPRIMIR

|

ENVIE POR EMAIL

|

ADICIONE A FAVORITOS

|

iG CELULAR


.



.

.



Contador de notícias