Tamanho do texto

Criador de "Girls Gone Wild" ameaçou processar a cantora por usar mesmo nome do seu programa

Madonna se apresenta no
Getty Images
Madonna se apresenta no "Super Bowl" com Nicki Minaj, em fevereiro
Em janeiro, quando Madonna anunciou que um dos singles de seu novo álbum se chamaria "Girls Gone Wild", Joe Francis emitiu uma declaração dizendo que iria processá-la. O produtor americano, que criou um programa com o mesmo nome da música, afirmou que possuia os direitos sobre a marca "Girls Gone Wild" e que a cantora estaria cometendo plágio.

LEIA TAMBÉM: Perseguidor de Madonna foge de clínica de saúde mental

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

Nessa segunda-feira, Madonna lançou a música no YouTube, mas fez uma pequena alteração no nome. O single agora se chama "Girl Gone Wild" (algo como "Garota Selvagem"), no singular. O empresário da cantora, Guy Oseary , disse ao site "TMZ" nesta terça-feira (28), que Madonna não modificou o título da canção por causa das ameaças, mas por outras razões. Segundo Guy, a cantora está finalizando o álbum e é natural que algumas mudanças aconteçam. "Ela não sabe quem é Joe Francis, tampouco ficou sabendo da ameaça", acrescentou o empresário.

Confira o vídeo divulgado no YouTube com a letra da música: