Tamanho do texto

Funkeiro vive drama após separação da mãe, Roseli, de seu pai de criação, Robson; pai de Nego do Borel voltou a morar em comunidade carioca

No auge do sucesso, Nego do Borel está passando por dias difíceis fora dos holofotes. O funkeiro, que é estrela em "Malhação", sucesso na "Dança dos Famosos" e dono de um dos cachês mais altos do funk vive um drama familiar após a separação da mãe, Roseli, de seu pai de criação, Robson. 

LEIA MAIS: Borel lança clipe de “Hoje É Dia de Maldade”

Pai de Nego do Borel volta a trabalhar como flanelinha nas ruas do Rio
Reprodução/Twitter
Pai de Nego do Borel volta a trabalhar como flanelinha nas ruas do Rio


De acordo com as informações do jornal Extra , o pai de Nego do Borel saiu da mansão que morava com o cantor  no Recreio, zona oeste do Rio de Janeiro, e se mudou para o Morro do Borel, onde morava antes do filho conquistar fama e dinheiro. Na comunidade, Robson trabalha como flanelinha próximo ao Shopping Tijuca para conseguir se manter sem a ajuda financeira do filho.

LEIA MAIS: Nego do Borel arrasa no funk e dispara na liderança da "Dança dos Famosos"

Além da saída do pai de sua casa, o funkeiro  também não aceita o novo relacionamento da mãe, responsável pela separação do casal. Segundo o jornal carioca, Roseli começou a se relacionar com um rapaz bem mais jovem que ela, que trabalha como motoboy. Nego era muito ligado ao pai de criação e briga com a mãe para fazer com que ele volte para a casa.

Robson se casou com Roseli quando o ator tinha 7 anos de idade. Após fazer sucesso no funk, ele passou a ser o responsável por administrar os negócios do funkeiro, que seguiu os passos de Anitta e hoje cuida de tudo pessoalmente.

LEIA MAIS: Borel organiza festa de aniversário de R$ 1 milhão

Dívidas

A mansão onde Nego do Borel mora no bairro do Recreio foi adquirida por nada menos do que R$ 2 milhões. De acordo com as informações da publicação, o cantor de funk ainda não conseguiu liquidar a dívida que ganhou ao se mudar para o casarão na zona oeste carioca. Sua antiga casa, localizada no bairro de Curicica, continua à venda pelo valor de R$ 1,5 milhão. Vale ressaltar que o funkeiro recebe cerca de R$ 80 mil por show, quantia que ainda é dividida com a gravadora Sony Music. 



    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.