Tamanho do texto

Após 2 anos do vazamento de fotos íntimas da cantora e de outras famosas, hacker foi sentenciado a cumprir 18 meses de pena

Após amplo esforço de investigação, na última quinta-feira (27), Ryan Collier, de 36 anos, foi sentenciado nos Estados Unidos por crime virtual cometido em 2014: ele foi o responsável pelo vazamento de diversas fotos íntimas de famosas como Rihanna, Ariana Grande e Jennifer Lawrence .

Leia Mais: Tudo sobre Rihanna

Rihanna teve suas fotos íntimas vazadas em 2014. Somente agora o suspeito foi condenado a 18 anos de prisão.
Divulgação
Rihanna teve suas fotos íntimas vazadas em 2014. Somente agora o suspeito foi condenado a 18 anos de prisão.


Além das celebridades, o hacker possuía material de cerca de 600 pessoas – figuras públicas ou não. Segundo a apuração, Collier mandava e-mails falsos para as vítimas se passando por serviços, por exemplo, do Google e da Apple, conseguindo, desse modo, senhas e logins para se apropriar as imagens das pessoas.

O criminoso confessou o roubou das fotos, porém não foi possível afirmar que ele as divulgou. O hacker foi condenado a 18 meses de prisão por cometer o crime digital de invasão de contas, privacidade e uso indevido de informações.

Leia mais: Rihanna dá show ao lado de Paul McCartney em festival

Relembre o caso

Em 2014 várias celebridades – entre elas Rihanna, Kim Kardashian e Avril Lavigne – tiveram seus dados hackeador, a princípio, por uma falha no sistema de armazenamento do ICloud e, através dessa brecha, suas fotos foram roubadas por um hacker. O material colhido por ele foi exposto em fóruns como 4Chan e Reddit e rapidamente ganhou o mundo, viralizando com uma velocidade que tornava muito difícil impedir sua circulação.

A ocorrência foi investigada pela Apple, proprietária do serviço ICloud, em conjunto com o FBI, que chegaram a falar abertamente sobre o caso. A empresa de tecnologia disse que “eva muito a sério a privacidade do usuário e está ativamente investigando o caso”, enquanto que o órgão do governo divulgou em nota oficial que “está ciente das alegações envolvendo invasão no computador e a divulgação ilegal de material envolvendo indivíduos importantes, e está cuidando do caso. Qualquer comentário adicional seria inapropriado no momento”.

Leia mais:  Adele, Drake e Rihanna lideram indicações ao American Music Awards

Na época, não foi comprovado se todas as fotos vazadas eram realmente das celebridades, no entanto, muitas chegaram a admitir a veracidade das imagens. O caso de Jennifer Lawrence foi o mais emblemático porque, além de admitir que as fotos eram dela, a atriz ainda se pronunciou a respeito da divulgação das imagens. “Cada coisa que tentei escrever me fez chorar ou ficar com raiva. Comecei a escrever um pedido de desculpas, mas não tenho nada a dizer que sinto muito. Estava em um amoroso, saudável, ótimo relacionamento [com Nicholas Hoult] por quatro anos [...] Era um namoro à longa distância e o seu namorado vai olhar pornografia ou vai olhar para você".

    Leia tudo sobre: Rihanna

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.