Eduardo Kobra, artista conhecido pelos murais de grafite espalhados pela capital paulista e por várias outras cidades do mundo, revelou no sábado (14) que a filha , Catarina , morreu 10 horas após ter nascido prematura. 

Leia também: Artista de grafite faz Batman e Superman se beijarem contra a homofobia

Eduardo Kobra arrow-options
Reprodução/Instagram
Eduardo Kobra




Leia também: Grafite em escola carioca pode entrar para o Guiness Book

No Instagram, Kobra postou a imagem do exame do pezinho da bebê e afirmou que a menina nasceu com uma má-formação e que, mesmo asism, conseguiu viver e interagir por algumas horas. 

Leia também: Intervenção artística transforma cenas icônicas de Pica-Pau em grafite

"Este é um post de saudade e de muita fé em Deus. A Catarina, nossa filha, nos deixou. Mas ao longo dos 7 meses em que ela viveu no ventre da Andressa pudemos, a cada dia, acreditar na cura — e acreditar nas possibilidades de um milagre. Tenho a certeza de que vivemos um milagre, porque ela tinha um caso raríssimo mas, mesmo assim, viveu e interagiu por 10 horas. Tenho a certeza de que vivemos um milagre, pela saúde da Andressa, apesar de todos os riscos de vida que ela correu e todas as dificuldades do parto. Tenho a certeza de que vivemos um milagre pelas orações que recebemos de tanta gente, e toda a força que sentimos por causa delas. Catarina deixará saudades, para sempre. Mas consideramos a sua vida, ainda que breve, um grande milagre.", disse Kobra na publicação.

Ver essa foto no Instagram

Este é um post de saudade e de muita fé em Deus. A Catarina, nossa filha, nos deixou. Mas ao longo dos 7 meses em que ela viveu no ventre da Andressa pudemos, a cada dia, acreditar na cura — e acreditar nas possibilidades de um milagre. Tenho a certeza de que vivemos um milagre, porque ela tinha um caso raríssimo mas, mesmo assim, viveu e interagiu por 10 horas. Tenho a certeza de que vivemos um milagre, pela saúde da Andressa, apesar de todos os riscos de vida que ela correu e todas as dificuldades do parto. Tenho a certeza de que vivemos um milagre pelas orações que recebemos de tanta gente, e toda a força que sentimos por causa delas. Catarina deixará saudades, para sempre. Mas consideramos a sua vida, ainda que breve, um grande milagre.

Uma publicação compartilhada por Eduardo Kobra (@kobrastreetart) em


    Veja Também

      Mostrar mais