Tamanho do texto

Produtores de “House of Cards” falam sobre cena final da série e contam detalhes na última temporada da produção, centrada em Claire Underwood

Atenção spoilers! Produtores de “House of Cards” falaram sobre sexta temporada da série, que foi liberada pela Netflix na sexta-feira (02). Os fãs que já chegaram no último episódio tiveram uma grande surpresa com uma morte chocante de um personagem.

Leia também: Presença de Kevin Spacey em “House of Cards” é sentida no 6º ano, diz produtor

 Produtores de “House of Cards” falam sobre cena chocante do último episódio da sexta temporada
Divulgação
Produtores de “House of Cards” falam sobre cena chocante do último episódio da sexta temporada


Os produtores de “House of Cards” explicaram cena chocante que mostra Claire (Robin Wright) matando o conselheiro de muitos anos, Doug Stamper (Michael Kelly), no Salão Oval da Casa Branca. A briga entre os dois coloca um ponto final no mistério na morte de Frank (Kevin Spacey).

Na cena, o conselheiro confessa que matou Frank para proteger o legado o ex-chefe, que tinha intenção de matar Claire após a quinta temporada. Os criadores da produção explicaram a morte surpreendente no final da última temporada. Em entrevista para The Hollywood Reporter , Frank Pugliesi e Melissa James Gibson falaram sobre o último episódio. “Claire revela que é tão anti-heroína quanto Frank. Permitimos que ela seja tão complicada, surpreendente e sombria quanto ele sempre foi", disse Gibson.

Leia também:Lançamentos da Netflix em novembro têm Orson Welles, "Narcos" e irmãos Coen

Pugliese afirma que sempre quis fazer um final que causaria choque nos telespectadores: "Nós sempre soubemos que o final tinha que ser catártico e ter algum tipo de choque. É uma revelação de muitos aspectos complicados do personagem de Claire. Não sabíamos como isso ia acontecer, se alguém ia morrer ou pagar algum preço, até chegar bem perto de escrever o final".

Produtores de "House of Cards" dão mais detalhes

Os produtores de  “House of Cards” falam sobre detalhes do final da série
Divulgação/Netflix
Os produtores de “House of Cards” falam sobre detalhes do final da série

O final da série fez referência a primeira cena de Frank, em que ele mata um cachorro ferido, o libertando da dor. “Há um elemento de voltar às origens no nosso final. A série começa com Frank matando um cachorro ferido, o libertando da dor, e então olhando para a câmera e nos falando sobre isso. No final, Claire também está libertando Doug da dor, em certo sentido. Frank convidou o público para dentro da história no começo, e o final faz referência a isso", completou Gibson.

Leia também:  Presença de Kevin Spacey em “House of Cards” é sentida no 6º ano, diz produtor

Os produtores de  “House of Cards” negaram que deixar Claire viva no final da série seja um sinal que a produção poderia continuar de alguma maneira. "Estou falando apenas por nós, como roteiristas - quando estávamos escrevendo, só pensamos na melhor forma de terminar a nossa história. Acho que o nosso final não teria integridade se estivéssemos pensando em uma possível continuação”, finalizou Gibson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.