Tamanho do texto

Um dos clássicos do horror, "Pânico" completa nesta terça-feira (20) vinte anos desde a sua estreia. Conheça algumas curiosidades sobre o filme

“Pânico” estreou nos Estados Unidos no dia 20 de dezembro de 1996 e foi um sucesso, tornando-se o décimo quinto maior filme de bilheteria naquele ano. Mesmo anos depois, o longa virou um clássico e referência mundial da cultura pop. Com um enredo repleto de suspense e violência, que foi baseado no caso real de Gainesville Ripper , o filme gerou diversas polêmicas em sua realização, tendo que enfrentar até mesmo problemas de censura.

O filme Pânico foi baseado em uma história real e completa 20 anos de estreia em 2016
Reprodução
O filme Pânico foi baseado em uma história real e completa 20 anos de estreia em 2016


Leia mais:  Os melhores filmes de terror clássicos que você vai assistir

Entretanto, o filme de Wes Craven (“A Hora do Pesadelo”), conseguiu suprir as barreiras e chegar às salas de cinema se eternizando durante os anos e ganhando uma franquia que gerou mais três filmes com a continuação da trama. “ Pânico ” hoje completa vinte anos e, em comemoração ao filme, relembre dez curiosidades sobre a obra.

Leia mais: Artesão do terror, Wes Craven pavimentou o gênero como o conhecemos hoje

Scary Movie ou Scream?

O título inícial do filme “Pânico” seria “Scary Movie”, mas depois foi modificado para “Scream” e o nome original serviu para a paródia que, em português, se chama “Todo Mundo em Pânico”. A comédia veio aos cinemas no ano 2000, ganhando também continuações com mais quatro filmes.

Sobreviventes

A cena da festa, já no final do filme, contabilizou quatro mortes e demorou 21 dias para ser gravada. Ao final das gravações, a produção fez camisetas com a frase “Eu sobrevivi a cena 118”.

Tortura psicológica

A série
Divulgação
A série "Pânico" foi pioneira no gênero terror-comédia

Drew Barrymore é uma amante dos animais. Com o intuito de fazer a atriz chorar e entrar em pânico para realizar as cenas do primeiro filme, Wes Craven contava-lhe histórias de torturas de animais no set na hora das gravações.

Mudança de planos

A escola Santa Rosa High School era a escolhida para gravar as cenas do filme. Entretanto, devido à diversos problemas que foram surgindo com o tempo, as gravações foram canceladas e a produção teve que mudar de última hora o local de filmagem para Healdsburg. Como vingança, Wes Craven colocou nos agradecimentos do filme “Não agradecemos de qualquer forma à Escola Santa Rosa”.

Leia mais:  Assustador! 5 filmes que foram baseados em fatos reais, para ver no Halloween

Sangue para todo lado

Para gravar as cenas de morte, os artistas de efeitos especiais utilizaram cerca de 50 galões de sangue falso.

Telefonemas suspeitos

Todas as ligações feitas pelo serial killer foram realmente realizadas por Roger Jackson, que fazia a voz de Ghostace por um celular. Entretanto, em dado momento, a polícia entrou em contato com o elenco para saber quem eles eram porque acreditou que um serial killer de verdade estaria telefonando.

Das artes plásticas ao cinema

A máscara utilizada pelo assassino de “Pânico” foi baseada no famoso quadro de Edvard Munch, “Scream”.

Escolha de roupas cuidadosa

O clássico robe preto do serial killer era para ser branco, para se aproximar mais com a ideia de um fantasma, como sugere seu nome, “Ghostace”. Entretanto, a mudança nas roupas se deu pelo receio de associarem a roupa do criminoso às vestimentas da Ku Klux Klan.

Referências do terror

No início do filme, Billy sobe ao quarto de Sidney pela janela, surpreendendo ela, assim como acontece em “A Hora do Pesadelo” (1984), com Glen e Nancy, filme que também é do diretor Wes Craven.

Leia mais:  "Grave", filme de terror canibal, causou desmaios no Festival de Toronto

As mortes no filme

Apesar da violência e de muito sangue escorrido, o filme contou com apenas sete mortes: Casey e o namorado, Himby, Riley, Kenny, Billy e Stu. Ainda há a mãe de Sidney, mas como ela morreu anos antes dos eventos do longa, ela não é contabilizada nesta sangria de “Pânico”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas