Tamanho do texto

A série de suspense deve chegar à plataforma na próxima sexta-feira (16); Atriz e diretora, Brit Marling encabeça o elenco da trama repleta de mistério

Nessa segunda-feira (12) a Netflix publicou o primeiro trailer de sua nova série “The OA”, que será mundialmente lançada no serviço de streaming no dia 16 de dezembro. A produção foi feita pela Plan B Entreteniment, produtora do ator Brad Pitt, em parceria com Anonymous Content, dirigida pelo cineasta Zal Batmanglig e por Brit Marling, que é também a protagonista da série no papel de Prairie Johson.

Leia mais:  "Desventuras em Série": produção da Netflix tem seu primeiro trailer divulgado

Brit Marling, além de dirigir, será a protagonista da nova série da Netflix,
Divulgação
Brit Marling, além de dirigir, será a protagonista da nova série da Netflix, "The OA", colaboração com Zal Batmanglig


The OA ” conta a história da jovem Prairie que, depois de sete anos desaparecida, retorna à sua casa – entretanto, as desconfianças sobre seu regresso giram em torno de sua cegueira que, quando reaparecesse misteriosamente, está curada. Ela terá que vasculhar suas memórias e abri-las para que as pessoas ao seu redor entendam o que aconteceu durante os anos em que esteve ausente. Confira o trailer da série:

Leia mais:  Além de "Narcos" e "Luke Cage", Netflix recheia setembro de estreia de séries


Expectativas

Desde que foi anunciada em março de 2015 no portal Deadline , “The OA” está na mira da mídia e do público por contar com um elenco de alto nível, além de uma equipe técnica e de produção de fazer inveja. Na época, pouco se sabia sobre a série – além de que seriam 8 episódios que envolveriam mistérios e elementos que contribuam para essa atmosfera. “Estamos empolgados em ser a casa da primeira série que Brit e Zal criam juntos” disse Cindy Holland, vice presidente de conteúdo original da Netflix , à Deadline na ocasião.

Leia mais:  7 séries originais da Netflix que você precisa assistir

Originais

A Netflix está apostando alto em suas séries e produções originais. Somente este ano a companhia de streaming emplacou diversos programas como “Stranger Things” que, em questão de dias, já havia ganhado o mundo, “The Crown”, que está na disputa pelo Globo de Ouro, “3%”, primeira série brasileira, “The Getdown”, produção mais cara da plataforma que utilizou cerca de US$ 11 milhões por episódio, dentre muitas outras. Há uma tendência da Netflix investir cada vez mais nesse tipo de conteúdo original daqui para frente, posto o enorme sucesso de alguns títulos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas