Tamanho do texto

O 10º Encontro Paulista de Hip Hop terá shows, torneios de basquete e bate-papo com personalidades; Confira a programação principal do evento

A 10ª edição do Encontro Paulista de Hip Hop promete agitar o Memorial da América Latina, na região da Barra Funda, em São Paulo, neste sábado (26). O evento, promovido pela Secretaria de Cultura da cidade, terá como tema "Cultura de Paz e Prosperidade", baseando-se em um tratado assinado por diversos países em conferência da ONU em 2001, e vai oferecer várias atividades para o público como shows, torneios e programação voltada especialmente para crianças.

Leia mais: Sesc Pompeia celebra mulheres negras em programação especial

Rapper Rashid é a principal atração do Encontro Paulista de Hip Hop.
Divulgação
Rapper Rashid é a principal atração do Encontro Paulista de Hip Hop.




Atrações

O show do rapper Rashid é o maior destaque deste edição do evento, enquanto o grupo Pretas Sonoras - formado pelas DJs Simmonne Lasdenas (São Paulo), Tamy (RJ) e Donna (DF), acompanhadas pelas MCs Amanda Negra Sim, Cris SNJ, Shirley Casa Verde, Drik Barbosa e Mayara Magalhães - marca a presença feminina na música do encontro. Ambos vão se apresentar às 19h. A abertura do festival acontecerá com um bate-papo com representantes do movimento negro e músicos do estilo. Além disso, haverá paralelamente os eventos principais “A Hora do Conto” e uma oficina de dança, ambos voltados exclusivamente para o público infantil. Torneio de basquete e pista de skate garantem o lugar do esporte na programação cultural do festival, das 10h às 19h.

Leia mais:  Demi Lovato é a atração principal do Z Festival; veja o lineup completo

O bate-papo de abertura do evento está previsto para começar às 12h15 e contará com as participações de Rashid, Joice Berth (arquiteta e militante do movimento negro), Uchen (rapper, refugiado nigeriano que vive em São Paulo) e Shirley Casa Verde (rapper), com mediação do MC Who, falando sobre Cultura Hip Hop como instrumento de transformação social através de suas diversas manifestações.

."Ao completar esse ciclo de 10 anos de aprendizado, resgatamos os valores que sustentam a Cultura Hip Hop e impulsionamos a busca pelo conhecimento, alicerce primordial que permitiu a longevidade do Encontro Paulista", empolga-se  Márcio Santos , assessor de projetos na área da Secretaria da Cultura.

Leia mais:  Mostra de Cinema em São Paulo exibe filmes sobre a independência africana

Informações

O Encontro Paulista de Hip Hop começa ao meio-dia deste sábado (26), no Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – ao lado da estação de Metrô Barra Funda), estendendo-se até a noite com diversas atividades. A entrada é gratuita e pessoas de todas as idades podem participar.