Tamanho do texto

Visivelmente alterado, rapper interrompe show na Califórnia e faz discurso polêmico sobre o VMA 2016

Kanye West voltou a causar polêmica durante os shows da turnê "Saint Pablo". Depois de afirmar em uma apresentação que gostaria de ter apoiado Donald Trump nas eleições dos Estados Unidos, o rapper interrompeu um show na Califórnia para fazer um discurso inflamado contra Beyoncé, Jay-Z e a MTV. 

LEIA MAIS: Nicki Minaj vira meme com apresentação ousada no AMA 2016

Kanye West ataca Beyoncé e diz que Jay-Z contrata assassinos particulares
Reprodução/Twitter
Kanye West ataca Beyoncé e diz que Jay-Z contrata assassinos particulares


Visivelmente alterado, Kanye West  provocou o público e disse que Beyoncé fraudou a última edição do Video Music Awards, premiação organizada pela MTV, para que ela fosse consagrada a maior vencedora da noite. No VMA 2016, a cantora levou para casa oito prêmios e ainda fez uma apresentação com nada menos do que 20 minutos de duração.

"Beyoncé, isso doeu. Eu fiquei magoado porque soube que você disse que não queria se apresentar no VMA ao menos que ganhasse a categoria de Vídeo do Ano sobre mim e Hotline Bling [de Drake]", iniciou o rapper . "Agora, não estou criticando Beyoncé, acho ela boa. Taylor Swift também é legal. Todos são legais. O problema é que as vezes falamos de política demais e esquecemos que todos estão aqui para ganhar. F*da-se ganhar, f*da-se parecer ‘legal’, f*da-se tudo isso, mano".

LEIA MAIS: Os melhores momentos do VMA 2016 resumidos em memes

Nem mesmo Jay-Z, marido de Beyoncé, escapou das alfinetadas do rapper, que ainda afirmou que o colega contrata "assassinos particulares". "Venho aqui para falar da minha verdade, mesmo correndo riscos. Jay-Z, me ligue. Você ainda não me ligou até agora. Sei que seus assassinos estão em serviço, por favor não os mandem atrás de minha cabeça, por favor, me ligue, fale comigo como um homem", disparou.

Jay-Z, Beyoncé e Kanye West
Reprodução/Twitter
Jay-Z, Beyoncé e Kanye West


MTV rebate

Após o discurso polêmico, a MTV americana divulgou uma nota para esclarecer os critérios utilizados nas eleições do VMA, anualmente. "Todos os indicados ao MTV Video Music Awards são escolhidos pelo público. Após cautelosa consideração, o comitê de votação seleciona o vencedor de cada categoria que só é revelado no dia da premiação. Apenas membros do comitê exclusivo de votação sabem com antecedência os vencedores", afirma a emissora.

 "Todos os anos, a MTV entra em contato com algumas celebridades para estarem presentes no Video Music Awards. Beyoncé, sua empresa, a Parkwood Entertainment e a MTV começaram a planejar a performance da edição deste ano no mês de junho. “Formation” foi com toda a certeza a vencedora do prestigiado prêmio de Vídeo do Ano por sua mensagem política, direção e cinematografia", diz.

A MTV ainda saiu em defesa de Beyoncé e ressaltou que ela foi a artista mais premiada da história da premiação: "Knowles-Carter tem sido a favorita dos espectadores da premiação há muitos anos desde sua primeira aparição com o Destiny’s Child. Em 2016, Beyoncé é a artista mais premiada na história do Video Music Awards com 26 Astronautas de Prata".

LEIA MAIS: 6 frases do surto de Kanye no Twitter que podem ser usadas na vida real

Shows cancelados

A repercussão negativa das últimas declarações de West colocou o rapper em uma situação complicada. De acordo com Gerrick Kennedy, colunista do jornal LA Times , Kanye West teria cancelado todas as datas restantes da turnê "Saint Pablo" nos Estados Unidos. A justificativa para os cancelamentos seria a de que o cantor "passa por problemas pessoais" no momento. 

Kanye West em show da turnê
Reprodução/Twitter
Kanye West em show da turnê "Saint Pablo"


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.