Tamanho do texto

A atriz volta ao palco para uma curta temporada de "Yentl Em Concerto". O espetáculo agora tem registro em CD e DVD, com direito a pôster de brinde.

O enredo é dramático: peça de 1975, “ Yentl – The Yeshiva Boy ”, conta a história de uma menina que faz de tudo para continuar os seus estudos numa época em que o acesso ao conhecimento era proibido às mulheres. Yentl veste-se de homem e esconde sua identidade em busca de um espaço no mundo, mas acaba se apaixonando por um colega de sala e precisa lidar com diversos dilemas. Transformada em filme em 1983 – e vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado – a história volta para os palcos a partir desta segunda (14) pelas mãos da atriz Alessandra Maestrini . Fã da protagonista do longa, Barbra Streisand, a artista diz que subir aos palcos para retomar o espetáculo é “indescritível”.

Leia mais: Alessandra Maestrini sobre a época da escola: "Era bem CDF"

A atriz volta para uma curta temporada do espetáculo no Teatro Porto Seguro
Reprodução
A atriz volta para uma curta temporada do espetáculo no Teatro Porto Seguro

Depois de dois anos da estreia, a interpretação musical e humorística da atriz fez tanto sucesso que levou Maestrini a gravar o espetáculo em CD e DVD. “Todo mundo me pedia por isso na saída. E, bom, eu também queria ter isso para mim”, conta em entrevista concedida ao iG.  “Foi mais um pedido do público mesmo que me levou a registrá-lo”, confessa.

A artosta trouxe novos elementos para a encenação, que são característicos do seu trabalho, como o humor. “A história que eu conto no palco é a história que eu assisti e eu assisto com os meus olhos, e os meus olhos têm humor”, afirma Maestrini, que confessa ter dado risadas quando assistiu ao filme da peça.

Por mais que a trama se passe no começo do século XX, muitas questões abordadas durante o seu enredo ainda são atuais. O acesso das mulheres à educação, por exemplo, não se tornou algo universal no mundo, vitimizando meninas que lutam pelo direito à escola, como foi o caso da paquistanesa Malala em 2012.

“Hoje em dia casos como o da Malala acontecem, mas são mais raros. A gente teve várias conquistas, até na parte de trabalho. A mulher nem poderia ler um livro com um pouco mais de profundidade e hoje nós temos mulheres premiadíssimas que escrevem livros”, refletiu a atriz. “Nós temos a Oprah”, brincou Maestrini que, apesar de reconhecer a evolução da situação da mulher na sociedade, afirma que a sociedade ainda tem muito que alcançar no futuro.

Leia mais: Atrizes da Globo se manifestam após autuação por denúncias de racismo

Projetos futuros

Dividindo a vida entre o palco e a telinha, Alessandra Maestrini já tem mais dois projetos em andamento. Na rede globo a atriz participará de um novo sitcom que estreia em dezembro, “A Cara do Pai”. “É uma comédia, mas não tão escrachada como já fiz. É mais uma pegada dos seriados como 'Modern Family', um humor mais gostosinho como 'A Grande Família', conta.

Além disso, 2017 promete a volta da atriz para os palcos. O ator Miguel Falabella escreveu especialmente para Maestrini o musical “O Som e a Sílaba”. “Esse trabalho, assim como Yental, tem músicas lindíssimas, humor e emoção. É um trabalho muito sensível a fala sobre autismo. A personagem principal, que eu interpretarei, é uma autista que tem uma genialidade para a música: ela canta da ópera. É um espetáculo muito sensível, mas com muito humor”, revela a atriz.

Leia mais: Atriz da Globo assume bissexualidade: "Estou exausta de me sentir rejeitada"


"Yentl Em Concerto" em São Paulo

Local: Teatro Porto Seguro 
Endereço Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo/SP 
Temporada: 14 de novembro a 05 de dezembro – Segundas, às 21h 
Gênero: Musical 
Duração: 75 minutos 
Classificação: 12 anos 
Capacidade: 508 lugares 
Informações: (11) 3223-2090 
Horário da bilheteria: terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h 
Venda online: Ingresso Rápido 
Ingresso: Plateia R$ 80 | Frisas e balcão R$ 60 (inteira)