Tamanho do texto

As vendas anteciparas para os ingressos do Rock in Rio começaram depois das 22h da quinta-feira (10); os 120 mil bilhetes se esgotaram rapidamente

As vendas antecipadas para os ingressos do Rock in Rio começaram depois das 22h da quinta-feira (10) e, em menos de duas horas, os 120 mil bilhetes já estavam esgotados, segundo a organização do evento.

Ingressos antecipados do Rock in Rio se esgotam em duas horas
Reprodução/Facebook
Ingressos antecipados do Rock in Rio se esgotam em duas horas


Por conta de uma sobrecarga no sistema de vendas, a organização do Rock in Rio disponibilizou 20 mil ingressos adicionais, mas quem não conseguiu adquirir os bilhetes, terá uma nova chance: em abril de 2017 abrirá a venda oficial do evento.

Ainda segundo a organização, a compra antecipada, que foi exclusiva para todo o Brasil, foi feita 40% do Rio de Janeiro, 18% de São Paulo, e 42% dos outros estados do país.

Leia mais: 10 shows que queremos assistir no Rock in Rio 2017

Rock in Rio

Os shows do Rock in Rio acontecem nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro do ano que vem e já tem artistas como Maroon 5 , Aerosmith e Red Hot Chili Peppers com a presença confirmada no evento.

Alterações

Em 2017, algumas alterações vão acontecer. Agora, no formato de uma pulseira com chip, a pessoa pode comprar até 4 ingressos por CPF, mas apenas um poderá ser adquirido como meia entrada. Os preços das entrar varian entre  R$ 217,50 (meia entrada) e R$ 435,00 (inteira).

Nova cidade do Rock

Além dos ingressos, a Cidade do Rock também aparece com alterações. O Parque Olímpico, que recebeu os Jogos Olímpicos de 2016, será a nova casa do evento. Localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeira, o local tem o dobro de tamanho do anterior.

A próxima edição do festival Rock in Rio acontecerá no recém inaugurado Parque Olímpico
Reprodução
A próxima edição do festival Rock in Rio acontecerá no recém inaugurado Parque Olímpico


Transporte

O sistema de transporte até a cidade do Rock foi testado e aprovado neste ano durante as Ollímpiadas e foi herdado para facilidar o acesso do público ao local.

Leia mais: Ensaiando adeus, Aerosmith volta a São Paulo com show que promete chuva de hits

Amazônia Live

O projeto socioambiental do Rock in Rio volta a todo vapor nesta edição. O objetivo do programa é plantar 4 milhões de árvores nas cabeceiras do Rio Xingu, revitalizando cerca de 400 hectares de áreas desmatadas na região. Para viabilizar a meta até 2019, os organizadores do festival contam com a CI (Conservação Internacional), o FUNBIO (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade) e o ISA (Instituto Socioambiental). Será possível contribuir com o projeto no ato da compra de ingressos, antes de finalizar o processo.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.