Tamanho do texto

A venda dos ingressos para um dos maiores festivais de música do mundo começará a partir desta quinta-feira (10). Três bandas já estão confirmadas

A partir das 22h da próxima quinta-feira (10) os fãs de festivais de música poderão adquirir os ingressos para o evento mais esperado de 2017: o Rock in Rio. Os shows acontecerão nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro do ano que vem e já tem artistas como Maroon 5 , Aerosmith e Red Hot Chili Peppers com a presença confirmada.

Aerosmith é uma das bandas confirmadas para a próxima edição do Rock in Rio
Reprodução
Aerosmith é uma das bandas confirmadas para a próxima edição do Rock in Rio


Leia mais: Maroon 5 é a primeira atração confirmada no Rock in Rio 2017

Nesta edição, o Rock in Rio Card sofreu algumas alterações. Agora, no formato de uma pulseira com chip, o usuário poderá comprar até 4 ingressos por CPF, sendo que do total, apenas um poderá ser meia entrada. Entre fevereiro e abril, quando o line-up completo do festival já estiver sido divulgado, o cliente que adquiriu o Card poderá escolher a data de interesse e garantir, assim, a sua presença no evento. Os preços variam entre R$ 217,50 (meia entrada) e R$ 435,00 (inteira).

De acordo com a organização do evento, 100 mil ingressos serão disponibilizados nesta primeira leva, que poderão ser recebidos em casa ou retirados antes do festival, em junho. A venda ao público será realizada exclusivamente pelo site do Rock in Rio em parceria com o Ingresso.com e os clientes poderão parcelar o valor em até oito vezes no cartão de crédito.

Leia mais: 10 shows que queremos assistir no Rock in Rio 2017

Uma nova Cidade do Rock

A próxima edição do festival Rock in Rio acontecerá no recém inaugurado Parque Olímpico
Reprodução
A próxima edição do festival Rock in Rio acontecerá no recém inaugurado Parque Olímpico


Não foram só os ingressos que sofreram mudanças este ano, mas a Cidade do Rock também ganhou uma nova cara. O Parque Olímpico, que recebeu a maior parte dos jogos durante as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, será a nova casa do evento. Localizado na região da Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, o espaço tem o dobro de tamanho comparado ao anterior, o que facilita a circulação do público entre os palcos e a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. Além disso, o sistema de transporte até o local, que foi testado com sucesso este ano durante os jogos, serão herdados para o festival, facilitando o acesso do público ao Rock in Rio.

Leia mais: 1º de abril: Rock in Rio anuncia show do Trenzinho Carreta Furacão

Amazônia Live

O projeto socioambiental do Rock in Rio volta a todo vapor nesta edição. O objetivo do programa é plantar 4 milhões de árvores nas cabeceiras do Rio Xingu, revitalizando cerca de 400 hectares de áreas desmatadas na região. Para viabilizar a meta até 2019, os organizadores do festival contam com a CI (Conservação Internacional), o FUNBIO (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade) e o ISA (Instituto Socioambiental). Será possível contribuir com o projeto no ato da compra de ingressos, antes de finalizar o processo.

Leia mais: Rock in Rio diz que vinda de Lady Gaga ao Brasil em 2017 "não está confirmada"