Tamanho do texto

Ex-líder do The Police será o responsável pela reabertura da casa de shows, que foi um dos alvos dos ataques terroristas em Paris no ano passado

O cantor Sting será o responsável pelo show de reabertura da casa de shows Bataclan, um dos alvos dos ataques terroristas em Paris em novembro de 2015. O show do ex-líder do The Police acontecerá em 12 de novembro, no aniversário de um ano dos atentados.

Leia mais: Justin Bieber fará show extra em São Paulo

Sting fará o show de reabertura do Bataclan um ano após os ataques terroristas em Paris
Reprodução
Sting fará o show de reabertura do Bataclan um ano após os ataques terroristas em Paris

Em um texto publicado em suas redes sociais, Sting falou sobre a responsabilidade de reabrir a casa de shows francesa. "Ao reabrir o Bataclan, temos duas tarefas importantes. Honrar e lembrar aqueles que perderam suas vidas no ataque, e celebrar a vida e o que esse teatro histórico representa", disse o músico. "Fazendo isso, nós esperamos respeitar a memória dos que morreram. Não vamos esquecê-los", completou.

Leia mais: Músico do Eagles of Death Metal revela massacre no camarim em ataque em Paris

O show do ex-vocalista do The Police não estava programado para reabrir o Bataclan. A primeira apresentação que a casa receberia neste ano seria a de Pete Doherty, do The Libertines. O concerto acontecerá em 16 de novembro, quatro dias após a reinauguração.

Terror

O Bataclan foi um dos alvos dos ataques terroristas que aconteceram em Paris em 12 de novembro do ano passado. A casa de shows, que recebia um show do Eagles of Death Metal naquela noite, foi invadida por homens armados, e os fãs foram feitos de reféns. Das 137 vítimas dos atentados, 87 morreram no teatro.

Nessa quarta-feira (2), o Eagles of Death Metal confirmou que fará um documentário sobre a noite de terror em Paris. O filme "Nos Amis (Our Friends)" será produzido pela HBO e tem previsão de estreia para fevereiro.

Leia mais: Eagles of Death Metal quer voltar a tocar no Bataclan

Em entrevistas após o atentado, o cantor Jesse Hughes contou que escondeu fãs no camarim da banda, mas os terroristas conseguiram entrar na sala e assassinar as pessoas que estavam lá. "Eles mataram todos os fãs, exceto um garoto que estava escondido atrás da minha jaqueta de couro", lembrou em entrevista ao site  Vice .

Depois de Sting, o Bataclan receberá shows de Pete Doherty, Marianne Faithfull, Youssou Ndour, Tinariwen, Yael Naim e de FFF.

    Leia tudo sobre: músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.