Tamanho do texto

Em "USS Indianapolis - Homens de Coragem", Nicolas Cage é o capitão Capt. Charles McVay; entenda a história do filme, que se passa na década de 1940

Nicolas Cage poderá ser visto em breve novamente no cinema protagonizando "USS Indianapolis - Homens de Coragem", do cineasta Frederico Lapenda , brasileiro que há quase 30 anos mora em Los Angeles  e que no primeiro semestre deste ano anunciou parceria com Stan Lee para o primeiro Graphic Novel com heróis brasileiros, intitulado "Amazônia - Os Guardiões da Verdade".

Leia mais: Compare a potência do seu grito com o de Nicolas Cage

nicolas cage em USS Indianapolis
Reprodução
nicolas cage em USS Indianapolis


" USS Indianapolis : Homens de Coragem" - segundo filme de Lapenda com Nicolas Cage - eles já trabalharam juntos em "Fúria", no ano passado - conta a história do navio que levou partes da primeira bomba nuclear de Hiroshima para as Filipinas e, em julho de 1945, na volta para casa, foi atacado por um torpedo japonês enviado pelo Comandante Hashimoto. 

Leia mais:  10 curiosidades sobre Luke Cage que você provavelmente não sabia

Dos 1.196 homens que estavam a bordo, aproximadamente 300 morreram no ataque inicial. O restante da tripulação ficou à deriva nas águas do Pacífico, sem barcos ou coletes salva-vidas, até serem resgatados após quatro dias. Devido ao protocolo da Marinha Americana quanto às missões secretas, o navio não foi reportado como "atrasado" e o resgate só chegou após sobreviventes serem vistos pelo piloto e tenente Wilber (Chuck) Gwinn e o co-piloto tenente Warren Colwell, em um vôo de patrulha rotineiro. 

Leia mais:  Veja o trailer de "Fragmentado", com James McAvoy

Mais da metade dos sobreviventes em água sofreram ataques de tubarões. A história também aborda um triângulo amoroso, com uma tragédia entre as personagens e promete um "desfecho surpreendente" para o telespectador. "A história desse filme tinha de ser dita pelo conteúdo histórico e o tamanho da injustiça feita ao comandante Charles McVay", disse Lapenda, contando que "familiares dos sobreviventes e falecidos no ataque chegaram a procurar a produção do filme para agradecer o feito e a homenagem".

Bastidores

As filmagens não utilizaram tanques de água, sendo tudo feito em um perímetro de quase 5 quilômetros em alto mar no Golfo do México. Para as cenas com tubarões, foi usado um robô animado, com diária estimada em cerca de US$ 20 mil. Durante as gravações, um dos aviões utilizados afundou, sem réplica disponível para reposição.

Por ser um filme de época, se torna mais trabalhoso em termos de pré-produção, sendo fiéis às características em que é ambientado, e teve um orçamento total de R$ 80 milhões. O longa, escrito por Frances Richard Rionda e Cam Cannon, foi dirigido por Mario Van Peebles e, além de Nicolas Cage, tem Tom Sizemore e Cody Walker , irmão de Paul Walker , no elenco. A data de estreia no Brasil não foi divulgada.

Veja o trailer de "USS Indianapolis", com Nicolas Cage: