Tamanho do texto

O vocalista do Legião Urbana se tornou um ícone do rock no Brasil e até hoje suas músicas são executadas ao vivo ou tocadas nas rádios ao redor do país

A arte é atemporal e, por isso, a música atravessa anos sem perder o seu poder de emocionar e deslumbrar seus ouvintes. Vinte anos após a morte de um dos maiores ícones do rock, Renato Russo, as suas composições ainda ecoam para novas gerações, criando um elo entre fãs de diversas idades ao redor do país.

Renato Russo é até hoje um ícone do Rock brasileiro
Reprodução
Renato Russo é até hoje um ícone do Rock brasileiro




Leia mais:  Da TV para os palcos: os atores que também fazem música

Na semana de sua morte o Ecad preparou um levantamento de quais são as músicas mais tocadas de Renato Russo nos últimos cinco anos nos segmentos de show e de casas de festas, casas de diversão, música ao vivo, sonorização ambiental e rádio. Com 147 obras cadastradas, o cantor construiu uma carreira em cima de hinos como “Eduardo e Mônica”, “Pais e Filhos” além de “Faroeste Cabloco”, música que deu origem ao filme homônio em 2013 dirigido por René Sampaio e que rendeu sete prêmios no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro no ano seguinte, como o de melhor longa-metragem de ficção. Além disso, a música já foi regravada por artistas contemporâneos, como a banda de reggae Natiruts.


Sua história de vida também foi tema para o cinema brasileiro. Do grupo de punk Aborto Elétrico ao Legião Urbana, a juventude do cantor foi retratada em 2013 no longa “Somos tão jovens”, estrelado pelo ator Thiago Mendonça e com a direção de Antonio Carlos da Fontoura. A importância de Renato Russo para o rock brasileiro também foi abordada no cinema alguns anos antes, no documentário “Rock Brasília – Era de Ouro” (2011), também do mesmo diretor.

Leia mais:  Maior banda de rock do mundo, Rolling Stones celebram legado em turnê no Brasil

Com todo esse legado, Renato Russo ainda permanece vivo na vida das pessoas: 70% dos seus rendimentos entre janeiro e agosto deste ano, segundo o Ecad, são provenientes de shows, rádio e música ao vivo. Além disso, as músicas de sua própria autoria não param de ser gravadas. De “Tempo perdido” à “Boomerang Blues”, o legado do cantor só reafirma a sua importância para o cenário da música brasileira.

Confira a lista das 20 músicas mais tocadas nos últimos cinco anos:

1) Pais e Filhos

2) Por Enquanto

3) Monte Castelo

4) Será

5) Quase sem querer

6) Tempo perdido

7) Mais uma vez

8) Eduardo e Mônica

9) Vento no Litoral

10) Índios

11) Quando o sol bater na janela do teu quarto

12) Eu sei

13) Que país é este

14) Ainda é cedo

15) Música Urbana

16) Giz

17) Faroeste Cabloco

18) Há tempos

19) Angra dos Reis

20) O mundo anda tão complicado

Leia mais:  Maroon 5 é a primeira atração confirmada no Rock in Rio 2017

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.