Tamanho do texto

Da vida de classe média paulistana à prostituição, a série contará a história de uma das mais famosas prostitutas do Brasil, cuja vida já virou até filme

Momento de sensualidade na nova atração da FOX,
Divulgação
Momento de sensualidade na nova atração da FOX, "#MeChamaDeBruna".

 No próximo sábado (8) às, 22h, o canal Fox1 vai exibir o primeiro episódio da série “#MeChamaDeBruna” , que conta a história da transformação de Raquel Pacheco em Bruna Surfistinha, a garota de programa mais conhecida do País. Serão 8 episódios inéditos que mostrarão a transformação da vida de uma jovem da classe média paulistana que decide largar tudo para iniciar uma carreira na prostituição. Cada episódio terá 60 minutos de duração.

+ Com muito sexo e DRs, "Easy" faz retrato sutil das relações amorosas modernas

A trama da série se desenvolve com o início da vida de prostituta de Bruna (Maria Bopp) no privê de Stella (Carla Ribas), uma velha cafetina. Ainda menor de idade, a garota percebe nascer alguns conflitos no ambiente de trabalho e precisa lidar com as tensões que vão surgindo entre ela e as suas companheiras Georgette (Stella Rabelo), Mônica (Luciana Paes), Jéssica (Nash Laila) e Nancy (Suzana Kruger), ajudante de Stella, que duvida das boas intenções da novata. Além disso, clientes agressivos, que não enxergam nas garotas nada além de um objeto de prazer, e a complexa e complicada relação com a família, que implora por sua volta à casa, também fazem parte da história da jovem; que cada vez mais se vê convicta do poder sobre seu próprio corpo e do caminho que está traçando.

+ "Black Mirror" é destaque no cardápio de lançamentos da Netflix em outubro

Segundo o diretor de conteúdo da Fox Networks Group Brasil, Zico Góis, “’MeChamaDeBruna’ é uma série dramática. Não é apenas sobre prostituição, mas, uma história densa de relações humanas, que mostra a força e a complexidade do universo feminino, os abusos do machismo, a linha tênue entre moralidade e legalidade.  É uma produção que vai tirar o telespectador de sua zona de conforto“.

+ "Westworld" aposta na ficção científica para ser a nova "Game of Thrones"

A realidade de um mundo sem lei que proteja as prostitutas, do dia a dia de garotas que, ainda jovens, precisam sustentar seus filhos e sua família nesse ambiente, dos abusos sofridos pelos clientes e das conflituosas relações – familiares ou não - que se desencadeiam neste universo também serão temas abordados na série.  A série também será exibida no app da FOX para os assinantes FOX+.

+ Com reverência à cultura negra, "Luke Cage" refina parceria de Marvel e Netflix

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas