Tamanho do texto

Ídolo de Nicolas Cage, Luke Cage ganhou sua própria série na Netflix nesta sexta-feira (30); conheça 10 curiosidades sobre o personagem da Marvel

Depois de muita espera, a Netflix finalmente lançou nesta sexta-feira (30) todos os episódios da primeira temporada de " Luke Cage ", nova série em parceria com a Marvel.

Leia mais: Com reverência à cultura negra, "Luke Cage" refina parceria de Marvel e Netflix

Luke Cage tem a pele impenetrável. Personagem até faz piadinhas, mas no geral é um cara bem sério
Divulgação
Luke Cage tem a pele impenetrável. Personagem até faz piadinhas, mas no geral é um cara bem sério

Apesar da produção ter sido muito aguardada pelos fãs, Luke Cage não é um personagem exatamente popular, principalmente no Brasil. Por isso, muita gente não faz a menor ideia de onde o novo herói da Netflix veio.

Para ajudar os perdidos, o iG preparou uma lista com 10 curiosidades que você provavelmente não sabia sobre o Carl Lucas – o verdadeiro nome de Luke. Veja abaixo:

1. Nicolas Cage se inspirou no herói

Engana-se quem pensa que Nicolas Cage é o nome de batismo do ator. Sobrinho de Francis Ford Coppola, o ator escolheu o sobrenome artístico em homenagem a Luke Cage – e para não ser acusado de beneficiário do sobrenome famoso em Hollywood. 

2. A série só existe porque tudo deu errado

Muita gente esperava ansiosamente por "Luke Cage" desde que a série foi anunciada pela Netflix, mas mal imagina que a produção só foi feita porque as coisas não saíram como o planejado pela Marvel. A ideia inicial era um filme sobre o personagem, coisa que a empresa de quadrinhos tentou desde os anos 1990, mas as negociações com os estúdios nunca deram certo – e então a série foi acertada entre Marvel e Netflix. Se as coisas tivessem saído como o previsto, Luke Cage teria um filme dirigido por Quentin Tarantino ou John Singleton e estrelado por Will Smith ou Jamie Foxx.

3. Primeira aparição

O personagem Luke Cage apareceu pela primeira vez na linha do tempo da Marvel em 1972 no título "Luke Cage, Hero For Hire".

4. Quebrando padrões

Inspirado pelo movimento do cinema Blaxploitation, o personagem foi o primeiro herói negro americano a ter um título só para ele. Antes, outros heróis negros haviam aparecido nos quadrinhos, como o Pantera Negra, que não era americano, e Falcon, que dividiu um título com o Capitão América.

Leia mais:  "Black Mirror" é destaque no cardápio de lançamentos da Netflix em outubro

5. Nascido e criado no Harlem

Nenhum lugar refletia melhor a cultura negra americana nos anos 1970 do que o Harlem, em Nova York, então nada mais justo do que Luke Cage ser uma cria da região. Isso é mostrado na série da Netflix, apesar do personagem estar fixado na região de Hell's Kitchen, em Manhattan, na série "Jessica Jones".

Luke Cage estreou nos quadrinhos em 1972
Divulgação
Luke Cage estreou nos quadrinhos em 1972


6. Trabalho em equipe

Luke Cage nunca foi muito popular para manter sua própria série de HQs, então ele teve de ser encaixado em grupos de heróis. Ele já fez parte dos Vingadores, Quarteto Fantástico, Defensores, Vingadores Secretos, Novos Vingadores e Thunderbolts.

7. Ele era um criminoso que se regenerou

Carl Lucas virou Luke Cage quando escapou da prisão, mas isso não significa que ele era um vilão. O personagem foi preso por se envolver com uma gangue e sonhava em ser o chefe do crime no Harlem, mas viu que não estava no caminho certo e passou a combater os crimonosos – inclusive seu amigo Stryker, que se tornou o vilão Diamondback.

8. Relação com Jessica Jones

Quem viu "Jessica Jones" sabe que ela teve uma relação bem intensa com Luke Cage. Eles se conheceram quando ela ainda era uma heroína e acabaram se apaixonando. As coisas evoluíram tanto que eles tiveram um filho e se casaram, o que fez ambos os personagens evoluírem.

9. Amizade com Punho de Ferro

Protagonista da próxima série da parceria Marvel e Netflix, Punho de Ferro é um grande amigo de Luke Cage. A aproximação aconteceu por um motivo nada nobre: nenhum dos dois personagens tinha popularidade e eles tiveram de se unir nos quadrinhos para serem mantidos pela Marvel. O histórico de Danny Rand, aliás, é muito diferente do de Carl Lucas: ele é filho de um executivo rico e cresceu em uma cidade mística chamada K’un L’un, onde aprendeu a dominar as artes marciais.

Leia mais: Com muito sexo e DRs, "Easy" faz retrato sutil das relações amorosas modernas

10. Carl Lucas nem sempre foi Luke Cage

Na época em que se juntou a Punho de Ferro, Luke Cage tinha um apelido: Power Man, ou Poderoso, em português. Ele usou esse codinome quando entrou para os Defensores, mas a alcunha foi deixada de lado ao longo dos anos.