Tamanho do texto

Programa "Brasil de Todas as Telas" da Ancine incentiva produção nacional; saiba como se inscrever para conseguir parte dos R$ 45 milhões da Ancine

O programa Brasil de Todas as Telas, da Agência Nacional do Cinema (Ancine), está com inscrições abertas até 17 de outubro para quem quiser produzir filmes nacionais. A Chamada Pública Prodecine 01/2016 oferece R$ 45 milhões para investir na produção de longas-metragens. 

Ancine recebe inscrições
Reprodução
Ancine recebe inscrições


Mais informações estão no edital do programa ( veja aqui ). Este ano, a Ancine  disponibilizou  R$ 40 milhões na produção de 34 novos filmes de longa-metragem, entre 278 inscritos. Produções de 11 estados  foram contempladas: Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Ceará, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e do Distrito Federal, e o gênero varia entre ficção, documentário e animação. Os recursos vem do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).  Desde 2008, o projeto já viabilizou a produção de 190 filmes brasileiros.

Conforme previsto no regulamento da chamada pública, 30% do total de recursos foi destinado a produtoras sediadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, e 15% contemplaram projetos de empresas produtoras da Região Sul ou dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. O objetivo é evitar a centralização dos recursos do FSA em projetos dos dois maiores polos cinematográficos do país: Rio de Janeiro e São Paulo.

“Os 34 filmes brasileiros anunciados representam uma parte da diversidade, da pluralidade e da força da cultura brasileira. São ficções, documentários e animações que falam com todos os setores da nossa sociedade”, destacou o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel.