Tamanho do texto

Evento que começa nesta sexta-feira (26) terá workshops para quem deseja lançar um eBook. Livro interativo é atração do fim de semana

Um dos bons programas da 24ª Bienal Internacional do Livro, que acontece entre esta sexta-feira (26) e o dia 4 de setembro, é a celebração de autores independentes que mais se destacaram no Kindle desde que a ferramenta foi lançada no País, em dezembro de 2012. O evento acontecerá a partir das 16h deste domingo (28), no Espaço Ignácio Loyola Brandão, e reconhecerá os autores em oito categorias.

24ª Bienal Internacional do Livro começa nesta sexta-feira (26)
Divulgação
24ª Bienal Internacional do Livro começa nesta sexta-feira (26)

Diversos autores que a lcançaram sucesso estarão presentes no estande da Amazon na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo para conversar com seus leitores, bem como compartilhar informações sobre suas obras e dar dicas a interessados em publicar seu eBook na ferramenta. Dentre os eventos, estão workshops focados em escrita, criatividade, marketing digital, e dicas para divulgação de livro, além de sessões de autógrafos.

Leia mais: As atrações imperdíveis da 24ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo

Um pouco antes, às 15h, a Amazon promove o lançamento do livro interativo “O Reencontro”, com a presença da autora Nathalie Favaron . Coach e terapeuta, a autora aposta em uma experiência transmidiática. “Quisemos trazer uma forma diferenciada de interação com o público, por meio de combinação de mídias, que é poder acessar os áudios, via tablet ou celular e a cada QRCode e link que abrirem os capítulos, servindo como um portal para a experiência com ‘O Reencontro’. Nessa troca, será possível ampliar o contato via redes sociais e site para compartilhar histórias pessoais, possibilitando, efetivamente, que façam um trabalho de autoconhecimento e transformação, encontrando as respostas que precisam”.

Museu em exposição

A autora Nathalie Favaron, um dos destaques da 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Divulgação
A autora Nathalie Favaron, um dos destaques da 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Outra curiosidade do evento será a exposição “Cem erros nossos de cada dia” , organizada pelo Museu da Língua Portuguesa e que ficará em cartaz no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi durante toda a Bienal.

A mostra é composta por painéis que fizeram parte da exposição temporária “Menas, o Certo do Errado, o Errado do Certo”, que esteve em cartaz no Museu da Língua Portuguesa, em 2010. Criados pelos linguistas Ataliba Teixeira de Castilho e Eduardo Calbucci, os painéis apresentam 100 erros que cometemos com certa frequência e que, muitas vezes, não nos damos conta. Apontando a forma culta, mas com humor, o visitante irá memorizar facilmente a forma correta de se falar ou escrever aquela frase, e se divertir aprendendo caso não tenha se dado conta dos seus (eventuais) erros até passagem pela Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.