Tamanho do texto

Retorno de "The Walking Dead" está marcado para o dia 23 de outubro tanto no Brasil como nos Estados Unidos e terá surpresas chocantes

A ansiedade pelo retorno de “The Walking Dead” é grande e no que depender do produtor executivo do programa, Scott M. Grimple, deve aumentar consideravelmente nos próximos dias. Em suas redes sociais, ele disse que “perigos inimagináveis” serão enfrentados pelos sobreviventes da série  na sétima temporada.

Negan, interpretado por Jeffrey Dean Morgan, em cena da sétima temporada de
Divulgação
Negan, interpretado por Jeffrey Dean Morgan, em cena da sétima temporada de "The walking Dead"

 “O que acontece no primeiro episódio vai estilhaçar a vida dos personagens que sobreviverem, e a narrativa vai começar a ir por caminhos inesperados. Veremos nossos personagens em situações pelas quais eles nunca passaram”, revelou. O produtor disse, ainda, que o começo do novo ano de “The Walking Dead” será mesmo o fim para um dos personagens sob a mira de Lucille , o taco de beisebol de Negan  ( Jeffrey Dean Morgan ).

Leia mais: "The Walking Dead" se despede de 2015 com escolhas dramáticas equivocadas

“Veremos perigos inimagináveis vindos dos lugares mais improváveis”, continuou Grimple. “Não estamos brincando. Será um adeus difícil no começo, mas vocês já sabem disso, e ele está chegando”.

Dwight em cena do sétimo ano de
Divulgação
Dwight em cena do sétimo ano de "The Walking Dead"

O canal AMC, que exibe a série nos EUA, divulgou um vídeo do novo ano para aguçar ainda mais a curiosidade dos fãs. A prévia foca em Dwight (Austin Amelio), integrante da trupe de Negan. Repare que o personagem está usando a jaqueta de Daryl (Norman Reedus), fato que já suscita muitas especulações desesperadas na internet.

Para quem não se lembra Dwight e Daryl têm uma rixa particular que começou a existir quando Daryl resgatou Dwight e duas companheiras em fuga do acampamento de Negan. Na segunda vez que o caminho deles se cruzou, Dwight matou Denise (Merritt Wever) e levou Daryl e Tara (Alana Masterson) reféns.

O final da sexta temporada registrou recorde no Brasil. O episódio “Last Day on Earth” registrou a maior média de audiência na história do canal Fox, que transmite o programa no País. A média da temporada foi de 6,3 milhões de pessoas, o que colocou a Fox no topo entre os canais pagos nos domingos à noite.

Nos Estados Unidos, apesar de  significativo, a audiência do episódio final da temporada registrou queda em relação ao desfecho do 5º ano. O capítulo foi assistido por 14 milhões de pessoas. No ano anterior a audiência da exibição do episódio inédito correspondeu a 18 milhões.

A sétima temporada de “The Walking Dead” estreia no dia 23 de outubro.  No Brasil, a Fox já garantiu que dará sequência à bem sucedida experiência de exibição do episódio simultaneamente à transmissão nos Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: The Walking Dead
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.