Tamanho do texto

Como o melhor do Brasil é o brasileiro, nem mesmo a música sertaneja escapa das ideias mais criativas (e bizarras); veja nomes inusitados

Se hoje o sertanejo está dominado por nomes como  Jorge & Mateus , Victor & Leo , Thaeme & Thiago e Maiara & Maraisa , no passado esta lista foi composta por duplas sertanejas batizadas com nomes um tanto quanto bizarros. Relembre os artistas que fizeram sucesso e abusaram dos trocadilhos infames:

+ Dez sertanejos mais amados do Brasil

Preferido & Predileto
Reprodução
Preferido & Predileto


Simpatia & Gente Fina

Essa é provavelmente a dupla sertaneja mais amigável do meio musical. Apesar da cara de bravo exposta na capa do álbum do Simpatia & Gente Fina, os cantores fizeram sucesso nos anos 70 com um LP que leva o nome da parceria. "Pois é", a música de maior sucesso da dupla, fez os artistas ficarem conhecidos como "a dupla do pois é".



+ "Meu pai inovou o sertanejo", diz Zé Felipe, filho de Leonardo 

Preferido & Predileto

A dupla sertaneja lançou o primeiro LP em 1979, intitulado "Preferido e Predileto". Em seguida vieram os álbuns "A Espera do Amor" (1981), "Foto Viva" (1984), "Tua Falta" (1989), "O Bilhete" (1993), "A Mudança – 25 anos" (2004) e "Amigos da Estrada" (2011), último trabalho dos artistas que reuniu clássicos do sertanejo . A música mais conhecida da dupla sertaneja, "Funcionária", conta a história de amor de um chefe apaixonado por sua funcionária.



Conde & Drácula

A dupla sertaneja  mais vampiresca do Brasil lançou um EP com 12 faixas em 1976. Entre os hits de maior sucesso está a canção "Corvo", baseada no poema homônimo do poeta Edgar Allan Poe . O traballho de Conde & Drácula levou o nome inusitado tão a sério que outras músicas góticas entraram para o repertório, como "A Noite dos Vampiros" e "Bruxa Feiticeira".



+ Maiara & Maraísa superam machismo da música sertaneja e comemoram sucesso

Feitiço & Feiticeiro

A dupla formada por Feitiço e seu companheiro Feiticeiro proporcionou sensações mágicas para os fãs. Com as canções "Madrasta Mãe", "Travesseiro Molhado" e "Uma Santa Vestida de Noiva", a dupla sertaneja embalou corações apaixonados nos anos 80.


Lírio & Lário

Um dos trocadilhos mais hilários da música certamente pertence a dupla Lírio & Lário. Os artistas foram responsáveis pelo LP homônimo, conhecido pela canção "Dez Dias por Mês", faixa que ilustra os relacionamentos conturbado e de um casal que só se entende na cama. 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.