Tamanho do texto

O ator italiano tinha 86 anos e estava em um hospital de Roma; filho anunciou morte: "Papai foi embora serenamente"

Morreu na tarde desta segunda-feira (27), aos 86 anos, o ator italiano Carlo Pedersoli, mais conhecido como Bud Spencer , o "homem barbudo" do spaghetti western, como eram chamados os filmes de faroeste do país europeu nos anos 1960 e 1970. Ele estava internado em um hospital de Roma.

Bud Spencer
Wikimedia Commons
Bud Spencer


O anúncio do falecimento foi feito pelo seu filho Giuseppe Pedersoli. "Papai foi embora serenamente às 18h15 [horário local]. Não sofreu, e sua última palavra foi 'obrigado'", disse ele à ANSA. Nascido em 31 de outubro de 1929, em Nápoles, Spencer construiu uma longa trajetória, estrelando não apenas produções de apelo popular, mas também suspenses, dramas e obras de cinema de autor, como "Cantando dietro i paraventi", de Ermanno Olmi. 

Mas sua fama veio com as parcerias com Terence Hill no faroeste à italiana. O ator nunca escondeu certa amargura por não ser suficientemente reconhecido no seu meio. "Na Itália, eu e Terence Hill simplesmente não existimos, apesar da grande popularidade que temos hoje entre as crianças e os mais jovens", lamentou há alguns anos. 

Leia mais: Perto de completar 84 anos, cineasta Giuseppe Ferrara morre na Itália

Em 2010, Spencer recebeu o prêmio David di Donatello pelo conjunto de sua obra. Além de ator, ele também foi nadador, tendo sido o primeiro italiano a completar os 100 m nado livre em menos de um minuto. Após o fim da Segunda Guerra Mundial, sua família se mudou para o Brasil, onde Spencer trabalhou por três anos no consulado da Itália em Recife. 

"Morreu um grande intérprete do nosso cinema e que ao longo de sua carreira soube divertir inteiras gerações e conquistar o público com sua grandíssima personalidade", declarou o ministro dos Bens Culturais da Itália, Dario Franceschini.