Tamanho do texto

Ao som de "Space Oddity", até 300 pessoas participaram da inauguração do mural, que trazia a inscrição: "a moda muda, mas você sempre será meu herói"

Mural de David Bowie na Bósnia
Divulgação
Mural de David Bowie na Bósnia


Um grupo de artistas revelou um enorme mural de David Bowie em Sarajevo, neste sábado, para comemorar o trabalho humanitário do músico britânico durante a guerra da Bósnia. Ao som de Bowie "Space Oddity", até 300 pessoas participaram da inauguração do mural, que trazia a inscrição: "a moda muda, mas você sempre será meu herói."

O mural - de 13 metros de altura e 10,5 metros de largura - está pintado em um edifício no campus de uma universidade, a uma curta distância da rua uma vez conhecida como Sniper Alley, e tem como objetivo simbolizar a maneira como a Bósnia mudou desde o fim da guerra de 1992-95.

Esboços foram feitos pelo ilustrador de quadrinhos da Marvel Enis Cisic e transformaram-se no mural do pintor Zoran Herceg, que levou um mês e meio para completar o trabalho. O plano para imortalizar Bowie, que morreu de câncer aos 69 anos em 10 de janeiro, foi inicialmente apresentado pelo músico local Vedad Trbonja. O projeto foi apoiado por milhares de bósnios.

Mural de David Bowie na Bósnia
Divulgação
Mural de David Bowie na Bósnia

Bowie foi movido pelos sofrimentos dos bósnios e usou sua fama para aumentar a consciência sobre a guerra e arrecadar dinheiro para fins humanitários, embora ele não tenha visitado Sarajevo.

"Esta é uma maneira de prestar homenagem a Bowie como artista e humanitário, e imortalizá-lo na cidade que nunca teve a chance de recebê-lo", disse Adnan Comor, um porta-voz para o grupo responsável pelo projeto, Bowie Team Sarajevo.