Tamanho do texto

Dupla admite que mundo da música sertaneja é machista: "Enfrentamos muitas dificuldades", diz Maiara ao iG

A música sertaneja virou a menina dos olhos de todo mundo que quer ganhar muito dinheiro com música. Afinal, o sertanejo é o gênero musical mais popular do País e movimenta uma indústria milionária. Mas está muito enganado quem acha que é fácil fazer dinheiro e sucesso na música sertaneja. Que o digam Maiara & Maraísa .

Maiara e Maraísa comemoram o sucesso e admitem que enfrentaram dificuldades por causa do machismo na música sertaneja
Reprodução
Maiara e Maraísa comemoram o sucesso e admitem que enfrentaram dificuldades por causa do machismo na música sertaneja

Atualmente bombando com o hit " 10% ", a dupla do Mato Grosso penou para chegar onde chegou – e boa parte das dificuldades veio pelo simples fatos de elas serem mulheres. "O mundo sertanejo é machista sim. A gente nem acredita que tantas coisas maravilhosas estejam acontecendo com a gente devido às dificuldades que enfrentamos", admitiu Maiara em entrevista ao iG , preferindo deixar para trás os maus momentos.

As gêmeas Maiara e Maraísa tocam no festival Festeja, em São Paulo
Divulgação
As gêmeas Maiara e Maraísa tocam no festival Festeja, em São Paulo

Para superar as dificuldades encontradas no meio do caminho, as irmãs gêmeas apostaram no talento e na paixão pela música sertaneja. Inspiradas por Irmãs Galvão , Leandro e Leonardo e Bruno e Marrone , a dupla estourou em 2013 com o hit " No Dia do Seu Casamento ". Dali pra frente, foi um sucesso atrás do outro e parcerias com nomes como Jorge & Mateus , Cristiano Araújo e Bruno e Marrone .

Parte desse sucesso se deve à popularidade do sertanejo – e as meninas sabem disso. "[A música sertaneja] É com certeza o ritmo mais popular do Brasil. O ritmo traz músicas que falam de situações reais, muito mais fácil das pessoas se identificarem", defendeu Maraísa. "Ele abrange todas as classes sociais, abrange diferentes faixas etárias", continuou.

Com a popularização, muitos fãs do sertanejo de raíz defendem que o gênero passou por tantas mudanças que nem pode ser mais chamado de sertanejo. Mas Maiara & Maraísa não concordam com isso. "A música sertaneja se modernizou, ela tem mais instrumentos, mas continua com violão e viola. Traz sanfona e guitarra", disse Maiara. "Mas tem muita coisa por aí que realmente não é sertanejo", reconheceu.

A força da música e do sucesso das irmão mato-grossenses é tanta que nem a crise econômica abalou a carreira delas. "Nosso show tem sido muito procurado, estamos com 27 shows em maio e o cachê não diminuiu", comemorou Maraísa. "Isso é resposta do público que tem se tornado fã da gente a cada dia que passa", explicou.

Um desses shows é no festival Festeja, que acontece em São Paulo neste sábado (7). "Estamos esperando um show grandioso", antecipou Maiara. "Por ser em São Paulo, por cantarmos no mesmo dia que outras atrações de diferentes ritmos, esperamos uma galera cheia de energia. Será inesquecível", cravou a sertaneja.

Festeja
Quando: 7 de maio, sábado, a partir das 15h
Onde: Arena Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209 - Santana)
Quanto: de R$ 55 a R$ 300
Atrações: Henrique e Juliano / Cláudia Leitte / Aviões do Forró / Zé Neto & Cristiano / Maiara & Maraisa

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.