Tamanho do texto

"Crônicas e fotos do Charada Brasileiro" traz 50 histórias inusitadas da vida do artista

Supla relembra uma entrevista que deu à revista "Elle" aos 21 anos de idade, no início de sua carreira. Quando questionado o que ele acreditava que estaria fazendo quando completasse 50 anos, ele respondeu: "eu vou estar rebolando". "E não é que tô mesmo, cara?", riu o cantor, que completou 50 anos de idade no último dia 2 e conversou com o iG Gente sobre sua carreira.

Aos 50 anos de idade, Supla lança livro de crônicas para celebrar sua carreira
Divulgação
Aos 50 anos de idade, Supla lança livro de crônicas para celebrar sua carreira



Para marcar essa data e celebrar também seus 30 anos de carreira, ele lançou o livro "Crônicas e fotos do Charada Brasileiro", que conta com 50 histórias diferentes ao longo de sua longa vivência nacional e internacional.

Com diversos projetos musicais paralelos, participações e protagonismo em programas de televisão e um livro no currículo, com certeza Supla teria muito mais de 50 crônicas para contar. No entanto, na hora de dar um gostinho do que nos espera no livro – conta com galerias extensas e curiosas, incluindo uma com diversas capas de revistas do artista – ele preferiu manter o suspense. "Vão ter que ler e se surpreender", brincou.

Primeiro filho dos políticos Eduardo e Martha Suplicy , Supla foi criado em Nova York até os 8 anos e, por isso, tem uma característica marcante da língua norte-americana. "Fui criado lá pelos meus pais, é por isso que eu falo inglês, não porque eu quero ser um gringo idiota.", explica.

Papito, como também é conhecido, voltou para Nova York e morou por lá de 1994 a 1999, quando adquiriu o apelido em questão. O síndico do prédio em que morava no East Village passou a chama-lo assim por vê-lo subir com muitas garotas diferentes. "O que mais me marcou foi ter levado um tiro" - revela, sobre uma das histórias que está no livro. "Eu tô muito contente de ter conseguido lançá-lo", comemora.

O cantor está preparando novo álbum do seu projeto solo para ser lançado em junho deste ano
Divulgação
O cantor está preparando novo álbum do seu projeto solo para ser lançado em junho deste ano


Em 2016, Supla está com sua atenção voltada para a música e seu livro. Após o lançamento da compilação de crônicas, já está trabalhando na divulgação de seu novo álbum, que será lançado em junho. "Diga o que você pensa" e "Parça da erva", faixas lançadas em 2015, vão integrar a lista do novo disco. A faixa "Trump! Trump! Trump!", lançada este mês, ficou de fora por ter um sample da voz de Donald Trump , candidato à presidência dos Estados Unidos. "Não usei nada exclusivo, nada proibido. Peguei um sample da voz dele em um pronunciamento na TV, mas ainda assim é melhor não", comentou Supla.

Quanto ao "Papito In Love", disse que não tem planos de retorno e que precisa descansar do programa por um tempo. "Esse tipo de produção exige demais da gente, suga demais".

Sobre sua carreira, Supla se sente orgulhoso. "Tenho 50 anos, 30 anos de carreira e lançando música relevante, sem viver de sucesso antigo."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.