Tamanho do texto

Edição ainda tem o bônus de ser a mais difícil em anos de se prever o vencedor da principal categoria, melhor filme

A 88ª cerimônia do Oscar, maior prêmio da indústria do cinema, acontece neste domingo (28) sob o impacto de uma campanha de boicote sem precedentes na história da premiação. Para além dos desafios habituais dos produtores do programa de televisão transmitido ao vivo para diversos pontos do planeta, a batalha pela audiência nos EUA parece ser uma questão menor em 2016.

O Oscar 2016 vai acontecer no dia 28 de fevereiro com apresentação do comediante Chris Rock
Divulgação
O Oscar 2016 vai acontecer no dia 28 de fevereiro com apresentação do comediante Chris Rock

Pelo segundo ano consecutivo, apenas brancos figuram nas principais categorias do Oscar – incluindo as 20 vagas de atuação. Fato este que gerou uma saraivada de críticas de membros da comunidade negra de Hollywood. Capitaneados por Spike Lee , homenageado do ano com um Oscar pela carreira, figuras ilustres como Will Smith , George Clooney e Ian McKellen se pronunciaram contra a falta de diversidade na lista de contemplados pelo Oscar.

Se de um lado, Smith anunciava seu boicote à cerimônia – ele era um dos atores comentados para receber uma indicação pelo filme “Um Homem entre Gigantes”, mas ficou fora da disputa -, atores como Charlotte Rampling , indicada a melhor atriz por “45 Anos” e Jamie Foxx , vencedor por “Ray” em 2005, deram a entender que a polêmica é vazia. “Atuem melhor”, disparou Foxx nesta última semana ao ser indagado sobre a questão. A fala do astro vai ao encontro do raciocínio da septuagenária atriz inglesa que havia dito que “talvez os negros não tivessem sido tão bons em 2015”.

Confira a lista completa com todos os indicados ao Oscar 2016

Rock na cerimônia de 2005, quando apresentou o Oscar pela 1ª vez
Reprodução/Youtube
Rock na cerimônia de 2005, quando apresentou o Oscar pela 1ª vez

Negro, Chris Rock comanda o Oscar branco sob grande pressão. É fato que ele irá abordar a questão e passa pela maneira dessa abordagem a continuidade do debate sobre a acessibilidade das minorias à elitista indústria do cinema. Para todos os efeitos, as medidas anunciadas pela academia para reformular o quadro de votantes no Oscar , o tornando mais diverso, não representam garantia de que a lista de indicados nos próximos anos reflita esse esforço.

É, portanto, mantendo o debate vivo para além da época do Oscar que repousam as chances de mudanças mais programáticas e efetivas no centro da indústria.

Em 2015, todo o debate em torno de demandas feministas na indústria – impulsionado pelo discurso de agradecimento de Patricia Arquette – reverberou no ano todo e precipita ventos de mudança na indústria. Em 2016, por exemplo, há dois filmes liderados por personagens femininas entre os concorrentes a melhor filme. “Brooklin” e “Mad Max: Estrada da Fúria”, sendo este último um verdadeiro filme feminista.

De qualquer modo, a indústria parece mais disposta a discutir o papel da mulher no cinema do que estava há dois anos.  É neste precedente que os olhos do mundo se miram e que Chris Rock deve catalisar.

Páreo duro

Polêmicas à parte, esta é uma das edições mais imprevisíveis para a principal categoria do Oscar. Três filmes chegam à cerimônia com chances muitas parelhas de ganhar. São eles “Spotlight – Segredos Revelados”, “O Regresso” e “A Grande Aposta”. Os principais termômetros do Oscar, sindicatos, prêmios da crítica e o Globo de Ouro, se dividiram entre eles. Com 10 indicações, e representante do cinemão, “Mad Max: Estrada da Fúria” seria a quarta força na disputa.

“O Regresso” parece um passo à frente de seus concorrentes. É um sucesso de bilheteria, puxado por um dos poucos astros que ainda leva público ao cinema apenas pelo fato dele estar em um filme e é dirigido por um cineasta admirado por seus pares. Líder de indicações, o cenário mais provável dos últimos dias é que “O Regresso” triunfe no Oscar e amealhe algo em torno de seis estatuetas.

Por outro lado, “Spotlight” é um filme muito mais fácil de se gostar. Isso pode contar pontos a seu favor, já que o filme de Alejandro González Iñárritu certamente não angaria nas hostes da academia o entusiasmo dispensado a “Birdman” no ano passado. “A Grande Aposta”, que ganhou o prêmio do sindicato dos produtores, também pode se beneficiar dessas circunstâncias.

Uma boa história:
Divulgação
Uma boa história: "Spotlight" reverencia o jornalismo que é norteado pela verdade; esteja ela onde estiver...

Adeus uraca!

Este deve ser mesmo o ano de Leonardo DiCaprio. Se ele não apresentou a melhor atuação dos concorrentes, certamente conduziu a melhor campanha. Bryan Cranston , que concorre por “Trumbo: Lista Negra”, brincou outro dia: “Precisamos arranjar um urso para divulgar nosso filme”. A referência, claro, diz respeito à famigerada cena em que DiCaprio é atacado por um urso em “O Regresso”.

Esta é a quinta indicação como ator de DiCaprio. Em termos de hype, ele rivaliza com Stallone , que concorre entre os coadjuvantes por "Creed: Nascido para Lutar". A dúvida é, caso ambos confirmem as expectativas e vençam, quem será mais aplaudido no Kodak Theatre nesta noite em Los Angeles.

Entre as atrizes, não parece haver qualquer obstrução para a consagração de Brie Larson por “O Quarto de Jack”. Alicia Vikander (“A Garota Dinamarquesa”) deve ser a vitoriosa entre as coadjuvantes.

Leonardo DiCaprio e Stallone se encontraram muitas vezes ao longo da temporada: tudo deve acabar em sorrisos neste domingo
Reprodução/Instagram
Leonardo DiCaprio e Stallone se encontraram muitas vezes ao longo da temporada: tudo deve acabar em sorrisos neste domingo

Para o Brasil, a esperança recai sobre “O Menino e o Mundo” que tem pela frente na categoria de animação o peso pesado da Pixar “Divertida Mente”. Enquanto entre os filmes estrangeiros, o colombiano “O Abraço da Serpente”, primeiro filme do país sul-americano a ser indicado a um Oscar, tenta estragar a festa do franco favorito húngaro, “O Filho de Saul”.

A transmissão do Oscar na TNT começa às 20h30 – a cerimônia em si só começa às 22h. Na Globo, a transmissão começa depois do “BBB 16”, por volta de 0h.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.