Tamanho do texto

Carlos Gerbase, baterista da banda gaúcha, lembrou de causo quando o grupo paulistano não quis emprestar bateria para ele

Roger Moreira foi assunto nesse sábado (20) após reclamar do tratamento dado ao Ultraje a Rigor no show dos Rolling Stones no Rio de Janeiro, que foi aberto pelos paulistanos.

Carlos Gerbase, do Replicantes, relembrou confusão com o Ultraje a Rigor
Reprodução
Carlos Gerbase, do Replicantes, relembrou confusão com o Ultraje a Rigor

Em uma série de tweets, o cantor afirmou que o grupo foi tratado como lixo pela produção do show. A denúncia repercutiu e chegou aos ouvidos de Carlos Gerbase, baterista e fundador do Replicantes, que usou o Facebook para contar uma história de quando o Ultraje estava na posição dos Stones e teve seu show aberto pela banda gaúcha.

A banda foi convidada para abrir um show do Ultraje a Rigor em Porto Alegre em 1986 e tinha combinado de usar os amplificadores e a bateria dos paulistanos, já que o instrumento de Gerbase estava danificado. Entretanto, de última hora, os integrantes liderados por Roger não deixaram que o gaúcho usasse a bateria com medo de que ele a quebrasse também. Nem com muita discussão o problema foi resolvido.

"Faltava menos de uma hora para o show. Não dava tempo para alugar outra bateria. A solução foi pegar meu carro e trazer minha Pinguim velha de guerra, que foi montada na frente do praticável da bateria do Ultraje. Nem o praticável eu pude usar", contou o músico no relato postado em seu perfil na rede social.

O Ultraje a Rigor abriu o show do Rolling Stones no Maracanã nesse sábado (20)
Reprodução
O Ultraje a Rigor abriu o show do Rolling Stones no Maracanã nesse sábado (20)

Apesar da confusão, o resultado do show do Replicantes foi o melhor possível. "Entramos no palco e quebramos tudo (esteticamente falando). Foi um dos shows mais bacanas da história da banda. Tocamos uns quarenta minutos, conforme o combinado, e saímos do palco suados, felizes e com a sensação de termos feito história", disse Gerbase.

Depois de tantos problemas, o músico contou o que realmente achou do Ultraje a Rigor. "Fazendo sua primeira piada (ou “homenagem”) da noite, os quatro músicos do Ultraje entraram no palco pilchados, isto é, de bombacha e com uns lenços ridículos na cintura. Levaram uma das maiores vaias da história do Araújo", lembrou. "Mas ainda bem que nunca sentei na bateria do Ultraje a Rigor. Ela não merecia a minha bunda", finalizou o baterista gaúcho.

O Replicantes e o Ultraje a Rigor foram duas das bandas mais importantes do rock nacional nos anos 1980. O grupo gaúcho segue na ativa até hoje, com uma nova formação, enquanto a banda de Roger Moreira é fixa no "Agora É Tarde", do SBT.

A GENTE SOMOS LIXO?O Roger, do Ultraje a Rigor, está reclamando que a sua banda foi maltratada pela equipe dos Rolling...

Posted by Carlos Gerbase on  Monday, February 22, 2016


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.