Tamanho do texto

Puxadas por "Sou Luna", protagonistas femininas do Disney Channel vão se reinventar: "A gente está trabalhando com esse conceito de meninas intrépidas, corajosas", diz VP do canal

Cinderela , Branca de Neve e Bela Adormecida que se cuidem, pois uma nova geração de princesas da Disney está para chegar. Pelo menos é o que pretende o Disney Channel , o braço televiso do conglomerado americano. Inspirado em Merida , a protagonista de " Valente ", o canal busca lançar uma nova geração de princesas fortes, poderosas e ainda sim femininas.

Divulgação
"Sou Luna" vai mostrar um novo tipo de protagonista no Disney Channel

"Vocês vão ver daqui a pouquinho que a gente está trabalhando com esse conceito de meninas intrépidas, corajosas, que correm atrás", contou Cecília Mendonça , Vice-Presidente do canal na América Latina, em entrevista ao iG em Buenos Aires.

As novas princesas do Disney Channel não vão ser as do conto de fada. Muito pelo contrário, serão as da vida real. A maior delas será Luna , protagonista de " Sou Luna ", grande aposta do canal para este ano. A trama gira em torno de uma garota que é forçada a trocar o México pela Argentina e descobre em Buenos Aires seu talento para a patinação. "Ela não tem uma energia de princesa frágil, ela é uma menina muito forte", disse Cecília sobre a personagem. "A série vai atrair até os meninos", afirmou.

Levar os meninos para o canal, inclusive, é uma das grandes preocupações da companhia. Tanto que foi criado o Disney XD , um canal mais voltado para os garotos. Mesmo assim, a vice-presidente não acredita que exista uma dinstinção entre programas de garotas e de garotos. "O Disney XD é um canal que tem um tipo de conteúdo teoricamente mais masculino e varonil, mas não deixa de atrair as meninas também", explicou. "Hoje as meninas não são mais as princesinhas tradicionais. O desafio maior é você ter menino interessado abertamente em ver um canal que em teoria é mais feminino", continuou.

Uma das novidades para este ano é a série " Jungle Nest ", uma produção recheada de mistério, aventura e humor. "Uma pessoa me disse que a série lembrava ' Os Goonies ', então está perfeito, era o que eu queria", confessou a executiva brasileira.

Outra grande aposta do canal para 2016 é a versão brasileira de " Pijama Party ", uma espécie de competição entre duas equipes formadas por crianças – ou uma espécie de "Passa ou Repassa" , como dizem nos bastidores. O programa, que será comandado por Bruno Heder e Raquel Bertani, já tem uma versão latino-americana que faz sucesso no Brasil. "Mas tem que ser local, tem que ter as crianças jogando, participando, interagindo com a marca", defendeu Cecília sobre a versão nacional da atração.

Para atrair o público masculino,
Divulgação
Para atrair o público masculino, "Jungle Nest" é a nova aposta do Disney XD

Para este ano, o Disney Channel terá um parceiro importante no Brasil: o SBT . A emissora firmou um acordo com a companhia americana no ano passado para passar na TV aberta as principais produções. "A TV à cabo não tem uma grande parceria o Brasil, então estar na TV aberta é uma chance de mostrar esse conteúdo para o País e isso é fantástico", comemorou Cecília, que garante já ter sentido uma diferença no impacto do canal.

Por outro lado, as boas produções do Disney Channel podem atrair Silvio Santos e talvez fazer o Homem do Baú querer levar para o Brasil os talentos sul-americanos da Disney. "Não estou falando que vamos fazer uma co-produção nem nada, mas essa nova parceria abre portas para um montão de oportunidades", disse a executiva. "Não é tão fácil assim o Silvio pegar nossos programas", brincou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.