Tamanho do texto

A indústria cinematográfica volta as atenções para a cidade alemã durante um dos festivais mais importantes do mundo

O Festival de Berlim começou no último fim de semana e está fazendo com que a capital alemã atraia todas as atenções da indústria cinematográfica.

O Festival de Berlim é um dos maiores eventos de cinema do mundo
Rafael Yoshida
O Festival de Berlim é um dos maiores eventos de cinema do mundo

Além da festa principal, a cidade também recebe o  Festival de Cinema Independente , evento que tem um brasileiro como um dos destaques: o cineasta Rafael Yoshida , que é um dos 40 diretores do filme "Train Station" , um dos projetos mais inovadores da mostra.

O diretor paulista chegou à Berlim nesse domingo (14) e conta ao iG qual é o clima de um dos festivais de cinema mais importantes do mundo:

"É incrível como Berlim é uma cidade que movimenta a arte e principalmente, nesta época, o mercado cinematográfico! Vivenciar este lado B do cinema de Berlim é muito interessante, pois as portas ficam abertas para mostrar o trabalho para os distribuidores - mesmo fora do circuito comercial. 

O Berlin Independent FIlm Festival (BIFF) acontece paralelamente ao grande Berlinale, e quem pensa que o BIFF é ofuscado pelo grande festival está enganado. Nesta semana do ano, o mercado mundial de cinema está voltado para Berlim e suas novidades, tanto o público quanto a indústria explora intensamente todas as salas de cinema.

O Festival de Berlim exibe os filmes mais importantes do ano
Rafael Yoshida
O Festival de Berlim exibe os filmes mais importantes do ano

O Babylon Theater, local em que o BIFF acontece, também exibe alguns filmes do Berlinale e de outros festivais e fiz questão em visitar o cinema em que nosso filme "Train Station" será exibido.

Chegando lá uma grande surpresa, salas lotadas, pessoas comprando ingressos e nossa sessão já estava quase SOLD OUT!!! Dei uma espiada na sala que iremos exibir o filme e vi que tem uma ótima qualidade deprojeção e de som, portanto, o cenário está perfeito para que tudo corra bem! 

Aproveitei para conhecer pessoalmente um dos co-diretores do nosso filme, o Xavier Agudo. Trabalhamos juntos por cinco anos no Collab Feature em dois longas e apenas conversávamos via internet. Após um longo papo sobre o mercado local decidimos dar uma passada no Berlinale e ver o que estava rolando por lá também. Fomos direto ao ponto de encontro, onde o pessoal da indústria fica para mostrar seus filmes para possíveis distribuidores. 

E a cidade está agitada com tudo isso né! Aproveitei e fui a um coquetel onde conheci alguns cineastas de Munique, que me convidaram para a festa de Young Filmmakers que estava rolando na cidade logo após ao evento. Como o mercado está voltado para cá neste momento, tem muita gente que olha para os filmes independentes como o nosso como uma bela oportunidade de negócio, e não é por acaso que Berlim se tornou uma das capitais do cinema! 

Amanhã venho com mais novidades. Muitos filmes para assistir!!! Agora sim os Festivais começarão pra mim!"

* Rafel Yoshida é cineasta e diretor do filme "Train Station", um dos selecionados para o BIFF – Festival de Cinema Independente de Berlim. Ele será correspondente do iG durante o Festival de Berlim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.