Lizzo diz que chegou a chorar no estúdio durante gravação do novo álbum
Marcelo de Assis
Lizzo diz que chegou a chorar no estúdio durante gravação do novo álbum

A cantora Lizzo concedeu uma recente entrevista ao apresentador Zane Lowe da Apple Music 1 para discutir seu aguardado novo álbum Special, que chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (15).

Lizzo explica que está orgulhosa deste novo projeto e ama o álbum, lidando com as críticas e reações ao experimentar a fama. Ela também disse sobre sua nova música Coldplay, quando foi surpreendida pelo vocalista da banda, Chris Martin, via FaceTime.

Durante o diálogo com o músico britânico, Martin diz a Lizzo que a ama e elogia seu trabalho. Também chegam a discutir uma possível colaboração no futuro e ela o agradece por deixar o nome da música com o nome da banda.

“Eu amo este álbum. Vamos. Eu sou muito boa em música, cara. Eu apenas diria isso. Eu estudei música na faculdade. Eu escrevi músicas minha vida inteira. Estou orgulhosa. Acho que tomando meu… eu quis apressar isso tantas vezes. Havia tantos pontos… Woo” Mas nesse processo, eu fiquei tipo, “Eu tenho o álbum, ok? Vamos lançá-lo. Os singles estão prontos.” E essas músicas nem entraram no álbum. Então, estou orgulhosa de quão paciente eu fui comigo mesma e com minha arte. E tirei um tempo para escrever as músicas que precisavam ser lançadas, as histórias que eu queria compartilhar, que as pessoas deveriam ouvir. Quero dizer, tudo que eu faço é bom, só não significa que é a música certa para o álbum. Então eu tenho versos, e eu tenho alguns versos quentes e eu tenho estrondos, mas… E eu tenho algumas músicas melancólicas, eu tenho algumas músicas muito sombrias também que não fizeram isso. Mas essas são as músicas que deveriam acontecer” , explicou a artista.

A cantora de 34 anos também explicou que o amor é a tônica de Special e que muito dele veio das emoções que ela sentiu em estúdio: “Eu acho que o amor é o coração deste álbum. Acho que tudo que eu fazia antes de Special foi em busca do amor. E era como, porque eu te amo era um álbum quase autobiográfico sobre quem eu quero ser. Quando eu escrevi “Soulmate”, eu estava chorando no estúdio e fiquei tipo: “Ok, estou escrevendo uma música sobre a pessoa que eu quero ser, eu aspiro ser”. A verdade dói, eu estava chorando no estúdio, escrevendo músicas sobre quem eu quero ser. E agora, o Special é quase uma celebração de quem eu sou agora, está muito presente. E acho que o único lugar onde o amor pode realmente existir é no presente. Você sabe o que eu estou dizendo?”.

Special, que conta com a produção de nomes como Ricky Reed, Max Martin, Ilya, Benny Blanco, Pop Wansel e Blake Slatkin , estará disponível nesta sexta-feira (14) pela Warner Music , via Atlantic Records.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários